Início >> Noticia >> Paraenses conquistam medalhas em Brasileiro de Canoagem Oceânica
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Paraenses conquistam medalhas em Brasileiro de Canoagem Oceânica

Localização

Brasil
BR

Quatro paraenses conquistam sete medalhas, sendo ouro, duas de prata e três de bronze, na 1ª etapa do Campeonato Brasileiro de Canoagem Oceânica 2019. Mayko Lucena, Lorena Jacob, Winderson Lima e Hiel Gesã, que fazem parte do programa Bolsa Talento da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), competiram no último final de semana, na cidade de São Sebastião, em São Paulo. A competição além de contar pontuação para o ranking nacional serviu como seletiva para o mundial da modalidade.

O atleta Mayko Lucena foi o mais bem colocado da delegação paraense, ganhou ouro na categoria sub 23, e na categoria dupla senior, obteve o segundo lugar junto com o Hiel Gesã. Finalizando a competição em terceiro lugar geral, no individual.

Os fortes ventos e muitas ondas tornaram a competição mais difícil. Para a canoísta Lorena Jacob, na qual ganhou prata na categoria master B (40 a 44 anos), e bronze no duplo misto, ao lado do Winderson Lima, o trajeto exigiu preparação diferenciada.

“No sábado, quando foi dada a largada dos individuais, prova muito pesada, com vento intenso o que gerou muitas desistências de atletas. Na volta, ocorreram as formações de ondas, que aumentou a dificuldade durante o trajeto. Já no domingo, a prova foi composta de sol intenso, pouco vento, que requereu força do início ao fim”, contou a atleta.

Com os excelentes resultados, os paraenses Lorena e Mayko, foram convocados para participarem do mundial da modalidade, que será realizado em Saint-Pierre-Quiberon, na França, entre os 9 a 15 de setembro.

“É nosso compromisso fortalecer políticas públicas de esporte, fomentar, apoiar e estimular a participação de nossos atletas nas competições nacionais e internacionais”, disse Arlindo Silva, secretário de Esporte e Lazer.

O programa Bolsa Talento foi implantado no Pará pelo Governo Estadual em 2000, e é destinado a atletas, paratletas e guias, tendo como proposta auxiliar e possibilitar que os mesmos atinjam índices competitivos para disputas locais, nacionais e internacionais.

imagem: