Início >> Noticia >> Seleção brasileira de basquete sobre rodas seleciona atletas paraenses
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Seleção brasileira de basquete sobre rodas seleciona atletas paraenses

Localização

Brasil
BR

Duas atletas paraenses foram convocadas para fazer parte da primeira etapa de treinamento da seleção brasileira feminina de basquete em cadeira de rodas. Adrienne Oliveira e Perla dos Santos viajam neste domingo (24), para o Centro Paralímpico Brasileiro, em São Paulo. As atletas que fazem parte do programa Bolsa Talento da Secretária de Estado de Esporte e Lazer (Seel), irão se preparar para os jogos Parapan-Americanos marcado para o mês de agosto, em Lima, no Peru. A competição visa classificar para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

O grupo irá encontrar as companheiras de equipe para o treino, com duração de oito dias. No comando do grupo está o professor Wilson Corrêa, mais conhecido como Caju, que foi chamado pela segunda vez para ser técnico da seleção feminina. Caju já esteve à frente do grupo entre os anos 2002 e 2014, além de ter participado de duas Paralímpiadas.

“Todo profissional visa objetivos. Depois de cinco anos fora da seleção, quando você retorna, parece que é a primeira vez, com a mesma vontade, com o sentimento de escrever uma nova história no basquetebol em cadeira de rodas. Estou muito feliz com o regresso, pois sei que posso fazer diferença com o grupo”, destaca o técnico, Caju.

Adrienne e a Perla, fazem parte do time “All Star Rodas”, além de integrarem ao programa Bolsa Talento, que é mantido pela Seel, e tem como objetivo apoiar financeiramente atletas olímpicos, paralímpicos e amadores, em diferentes modalidades esportivas.

Para o secretário de Esporte e Lazer, Arlindo Silva, a seleção brasileira feminina será muito bem representada pela equipe que também faz parte do time do All Star Rodas, isso só demonstra como o incentivo ao esporte paraense, faz diferença. “A partir do momento que você incentiva o esporte como prática inclusiva à comunidade, você está caminhando junto ao progresso. Esse início da temporada que antecede o Parapan é muito importante para a equipe feminina que foi convocada para a seleção de basquete em cadeira de rodas, pois é dela que saem os representantes para as paralimpíadas de Tóquio. Ficamos felizes em ver que nossos atletas assistidos pelo Bolsa tem grandes chances de serem vitoriosos. Isso faz com que tenhamos a certeza de que o Governo do Estado por meio da Seel, está no caminho certo em prol de todos os atletas paraenses”, disse o secretário.

A atleta Adrienne Oliveira, já esteve na seleção em 2017, tendo na bagagem a experiência de participar do Sul-Americano, no Peru, e na Copa América, na Colômbia. “Fiquei feliz por ser chamada novamente, foi uma surpresa. Tenho uma grande expectativa de ser convocada entre as 12 e defender o Brasil nesse campeonato. Seria uma realização, em que todo atleta de alto rendimento sonha”, frisa a atleta.

O Pará ainda terá outras sete representantes que foram convocadas, são elas: Cintia Carvalho, Cleonete de Nazaré, Gabriela dos Santos, Lucicleia da Costa, Paola Klokler, Rayssa Monteiro e Vileide de Almeida.

O período de treinamento no Centro Paralímpico Brasileiro, ocorre em cinco etapas antes do Parapan, a segunda fase está marcada para o mês de abril.

imagem: