Início >> Noticia >> Seel encerra Jogos de Integração do Vida Ativa com entrega de medalhas
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Seel encerra Jogos de Integração do Vida Ativa com entrega de medalhas

Localização

Brasil
BR

Hernanes Martins e Silva, de 69 anos, mostrou com orgulho as quatro medalhas conquistadas. “Ganhei uma medalha de ouro no vôlei, outra no biribol, uma de prata na corrida de 50m e de bronze na caminhada de 200m. Para mim, é uma satisfação competir e ainda incentivar poder incentivar os mais jovens, como meu neto de 12 anos, a praticar esportes”, disse Hernanes, um dos 300 competidores que participaram do 11º Jogos de Integração do Programa Vida Ativa, encerrado nesta sexta-feira (29), com queimada e a entrega de medalhas. O evento foi realizado pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel).

Os Jogos foram abertos oficialmente na última terça-feira (26), no Estádio Olímpico do Pará /EOP, o Mangueirão, com a presença do titular da pasta, Arlindo Silva. Na ocasião, vários grupos de idosos fizeram apresentações artísticas mostrando a importância da cultura e do esporte para as sociedades.

Em três dias de competições, participantes dos cinco polos de atuação do Programa Vida Ativa disputaram provas de atletismo, nado, biribol, vôlei, queimada e jogos de salão (dama e dominó).

Segundo a coordenadora do Vida Ativa, Liane Costa, com o término dos Jogos de Integração, a secretaria encerra a programação de eventos do Vida Ativa na Terceira Idade deste ano. “O programa entra em recesso no dia 20 de dezembro. A rematrícula será de 14 a 17 de janeiro 2020 e novas matrículas de 21 a 24. A retomada das atividades está marcada para 28 de janeiro”, disse Liane.

Desenvolvido pela Seel há 20 anos, atualmente o Programa Vida Ativa atende cerca de mil idosos em cinco núcleos: Tuna Luso Brasileira; Escola Triunfo, na Pedreira; Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa do Pará (Asalp); Estádio Olímpico do Pará - Mangueirão e Hospital Regional Abelardo Santos, em Icoaraci (distrito de Belém).

“Estamos em estudo de viabilização para estender futuramente o Vida Ativa para outros municípios como Curuçá e Bragança, por exemplo. O intuito é formar parcerias para implantar esse programa voltado para a Terceira Idade alcançando um público maior”, informou o diretor técnico de Esporte e Lazer da Seel, Erivelto Pastana.

 

imagem: