Início » Noticia » Seel completa 22 anos de atuação em prol da população paraense
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Seel completa 22 anos de atuação em prol da população paraense

Localização

Brasil
BR

A Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) completa 22 anos nesta quarta-feira (28). Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, a pasta não parou de atuar em apoios aos atletas, entidades desportivas e, principalmente, a comunidade na capital paraense, Belém e outros municípios do Estado, tendo como foco principal promover e estimular a prática esportiva de modo a possibilitar a melhoria da qualidade de vida da população.

O compromisso com a comunidade foi de suma importância, pois é uma forma de resgatar crianças e adolescentes das zonas de riscos. Desde o início da pandemia até este mês em vigência, a Seel contemplou 257 desportistas, em um total de R$ 2.339.554,85. Entre os apoios, tem destaque para os 10 paratletas, beneficiados com a compra de cadeiras de rodas destinadas à prática do basquete em CR, visando a participação em competições e campeonatos oficiais da Confederação Brasileira da modalidade.

Para Arlindo Silva, titular da Seel, estar à frente desta secretaria é motivo de orgulho. “É um prazer e uma alegria poder estar colaborando com o crescimento do esporte no Pará. Nossa região tem revelado muitos atletas para o restante do Brasil, não é à toa que o Estado é reconhecido como um celeiro de atletas”, afirmou.

Para comemorar a data, a Seel realizará seu primeiro webnar, que terá como tema “Seel 22 anos – Desafios e Perspectivas do Esporte Paraense”. O evento será nos dias 6 e 7 de maio, das 9h às 16h, com transmissão pelo YouTube. Para participar, as inscrições serão feitas pelo Sympla.

Ação e Parcerias

Muitas ações foram desenvolvidas pelos municípios paraenses, como a capacitação em canoagem de velocidade, oficinas de reparos em caiaque, capacitação em gramado e jardinagem, workshop Seel, curso para instrutores de futebol de campo, Clínica de Formação Continuada, entre outros. O intuito é chegar nos 144 municípios do Pará. A secretaria também teve parcerias com eventos esportivos, como o Surf Na Pororoca, Cavalo Marajoara, GP Brasil Caixa De Atletismo, Jogos Tradicionais Indígenas do Pará, Jogos de Identidade Cultural do Marajó, Jogos Quilombolas, além de apoio em eventos de outros órgãos, prefeituras e diversas associações.

Programas e Projetos

Iniciativas da secretaria incentivam ainda a prática do esporte e a valorização do atleta. O programa Vida Ativa na Terceira Idade foi criado especialmente para atender as pessoas com idade acima de 50 anos. O principal objetivo é valorizar a inserção da pessoa idosa na sociedade, por meio de práticas esportivas como caminhada orientada, ginástica, hidroginástica, natação, dança, e atividades de memorização, além de passeios. Como os alunos fazem parte do grupo de risco da Covid-19, as aulas estão suspensas.

“Todo exercício é bom para nosso corpo, para mente e nós precisamos disso, dos movimentos. Por causa da pandemia, estou sentindo muito, mas sempre procuro fazer exercícios em casa. As atividades que mais gosto de fazer são as aeróbicas”, conta Ângela Machado, 66 anos.

O projeto de Canoagem Pará – Rios de Talentos tem como intuito ministrar aulas de canoagem para adolescentes e jovens de 13 a 18 anos, incentivando a importância do esporte e respeito ao meio ambiente. Os núcleos que estão em funcionamento são no município de Oriximiná, Senador José Porfírio e Portel.

Outro programa da secretaria é o Talentos Esportivos, na qual contribui para o desenvolvimento motor das crianças e jovens, bem como envolve por meio de aulas gratuitas de diversas modalidades como futsal, voleibol, ginástica artística, entre outras. O projeto se encontra suspenso devido à pandemia. Há pouco tempo, as alunas da ginástica artística do programa, destacaram-se em competição remota da modalidade, onde conquistaram 10 medalhas.

“Para os alunos, participar deste programa significa a possibilidades de praticar atividades esportivas, mantendo a prática regular, melhorando a saúde com profissionais capacitados que acompanham seu desenvolvimento, proporcionando além de exercícios físicos a socialização”, disse Kátia Rocha, coordenadora do programa.

A Seel também assinou um Termo de Cooperação destinado a transformar a realidade de crianças e adolescentes paraenses. A parceria foi entre a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a Federação Paraense de Futebol (FPF), na qual visou a implantação do projeto “Gol do Brasil”, que incentiva crianças e jovens a terem acesso à formação esportiva no futebol. Atualmente, as aulas estão sendo online para preservar a saúde dos envolvidos.

Recentemente, foi divulgada a lista preliminar para a concessão da Bolsa, com 76 nomes, entre eles, 10 foram para a Bolsa Nacional, 63 para a Estadual e três para técnicos. 

imagem: