Início » Noticia » Paratleta conquista duas pratas nas Paralimpíadas Universitárias
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Paratleta conquista duas pratas nas Paralimpíadas Universitárias

Localização

Brasil
BR

Na semana do dia Nacional do Atleta Paralímpico, comemorado em 22 de setembro, o Pará tem conquistado bons resultados, como o do paratleta Edie Silva, que apoiado pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), ganhou duas medalhas de prata em natação, nas Paralimpíadas Universitárias, que ocorreu nos dias 17 e 18 de setembro, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

Morador do município de Marituba, região Metropolitana de Belém, o nadador foi um estreante na competição. Na classe S9 (atletas com limitações físico-motoras), participou das provas 100 metros borboleta e nos 50 metros livre e venceu as duas.

“Estou feliz. Sensação legal de ver vários atletas parecidos comigo. O incentivo financeiro foi fundamental para esse pontapé no esporte paralímpico, principalmente em competições que ocorrem em outros estados, o apoio ajuda a diminuir esse abismo financeiro com gastos, principalmente com passagens e hospedagem”, relata Edie. 

Edie é estudante de medicina pela Universidade Federal do Pará (UFPA) e começou a disputar a modalidade em 2017 em competições convencionais, como o Festival Aquático – Mirim a Sênior, realizado em Belém, no mês de junho. 

 Incentivo ao Paradesporto 

O paratleta não foi o único que a Seel apoiou no ano de 2021. No primeiro semestre, 21 atletas receberam apoio para aquisição de cadeiras de rodas. Recentemente, o judoca Thiego Marques, que representou o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, foi contemplado financeiramente para as seletivas dos Jogos. 

Também contou com o incentivo a atleta de jiu-jitsu Maria do Carmo, mais conhecida como Carmem "Casca Grossa". 

Além do incentivo financeiro, a Seel é gestora do programa Bolsa Talento, iniciativa que contempla esportistas de alto rendimento, que tenham obtido resultados relevantes em competições locais, nacionais e internacionais, atualmente conta com 12 esportistas, em modalidades de basquete em cadeira de rodas e atletismo.  

Neste momento de comemoração, é importante frisar o apoio que a Seel tem feito para desenvolver a prática do desportista. Só neste ano, fizemos um investimento de mais de 200 mil no apoio a esses paratletas em seus deslocamentos à nível nacional e internacional, finaliza Nivan Noronha, secretário de Esporte e Lazer.

imagem: