Início » Noticia » No Uruguai, paraenses medalham em competição de Muay Thai com apoio da Seel
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

No Uruguai, paraenses medalham em competição de Muay Thai com apoio da Seel

Localização

Brasil
BR

No último final de semana, nos dias 22 e 23 de outubro, três representantes do Pará tiveram destaque no Campeonato Sul-Americano de Muay Thai 2022, realizado em Montevidéu, no Uruguai. Ao todo, o trio conquistou medalha de primeiro, segundo e terceiro lugar. Para chegarem à competição, os lutadores contaram com o apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). 

Os medalhistas foram Yuri Oliveira, que ganhou ouro na categoria Elite (até 60kg). Yara Almeida, trouxe para a casa a medalha de prata, pela categoria Elite (até 51kg). Já Elias Guerreiro, conseguiu o bronze, também na categoria Elite (até 57kg). 

O Pará que foi com a missão de ajudar o Brasil na classificação coletiva e conseguiu manter a tradição no esporte. A única mulher do trio, Yara Almeida, comenta que ter essa representatividade é uma honra. 

“Eu já treino há 8 anos e sempre fui a única mulher que representou a seleção paraense. Então, isso é importante e uma honra. Eu espero que, futuramente, apareçam outras adeptas, porque é bom ter essa representatividade no esporte. Muito bom trazer medalha e mostrar que o feminino sempre vai estar presente e vai continuar por um bom tempo”, comenta a lutadora. 

Um dos técnicos que também contou com o auxílio da Seel, foi Adrian Waughon, representante da Federação de Muaythai Tradicional do Estado do Pará (FMTTEPA). “O resultado foi muito bom, levamos quatro atletas paraenses e três trouxeram medalhas, onde todos lutaram na categoria acima da deles, apesar de serem muito jovens e lutarem com atletas que já tem muita experiência. O resultado foi muito bom”, comentou Adrian. 

“Ter representantes do nosso Estado em uma competição internacional significa que conseguiram, por meio de suas modalidades, resultados expressivos em competições regionais e nacionais. Por isso, é fundamental consolidar e continuar com essas políticas de fomento às modalidades esportivas e de apoio financeiro aos atletas de alto rendimento”, finalizou Vitor Borges, secretário adjunto da Seel

imagem: