Início >> Noticia >> Mangueirão recebe projeto do ParaPáz que assiste grávidas
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Mangueirão recebe projeto do ParaPáz que assiste grávidas

Localização

Brasil
BR

 

Teve início nesta quinta-feira (06), a primeira reunião do projeto Mãe, uma iniciativa da Fundação ParaPáz, com apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), no Estádio Olímpico do Pará/EOP, o Mangueirão, em Belém, com a participação de 19 grávidas. O objetivo é fazer um acolhimento com as mulheres através de informações sobre gestação e maternidade.

Aos 40 anos, Leyde Monteiro, moradora do conjunto Carmelândia, no bairro do Mangueirão, espera o primeiro filho. No quinto mês de gestação, ela foi informada na unidade de saúde onde faz o pré-natal sobre o projeto, e se interessou em participar. "Na Casa de Saúde da Família, onde faço consultas, fiquei sabendo do projeto e decidi participar, pois pode me ajudar bastante, uma vez que sou mãe de primeira viagem e posso aprender mais coisas, ter informações para meu próprio bem-estar", disse Leyde Monteiro.

 

A presidente da Fundação ParáPaz, Ray Tavares, frisou que no Polo-Mangueirão o atendimento não se limita ao incentivo de práticas esportivas voltadas para crianças e adolescentes. Segundo ela, o Projeto Mãe vem para atender grávidas com filhos matriculados nas atividades desenvolvidas no estádio. "O projeto faz o trabalho de acolhimento com as gestantes durante dois meses, com esclarecimentos sobre várias abordagens a respeito da maternidade. No final deste período, cada uma receberá um kit enxoval. Aqui, as grávidas que vêm esperar os filhos que estão em atividades esportivas já aproveitam esse momento", ressaltou Ray Tavares.

 

Aprendizado - É o caso de Dayseane Guimarães, 31 anos, que tem dois filhos (um de 09 e outro de 10 anos) e está grávida de sete meses. Com os filhos matriculados no Polo-Mangueirão, ela agora participa do Projeto Mãe. "Achei muito bom, porque esse projeto vai prestar uma assistência pra gente, e eu, apesar de já ter dois filhos, considero que sempre tem alguma coisa a mais para aprender. Tudo é diferente, até de uma gestação para outra", frisou

 

Além do Polo-Mangueirão, outras 11 unidades da Fundação ParaPáz estão desenvolvendo o projeto, uma vez por semana. Cada turma conta com 25 participantes e atendimento por uma equipe multidisciplinar.

 

Segundo o secretário-adjunto da Seel, Vitor Borges, a parceria entre os dois órgãos é de extrema importância para as comunidades no entorno do estádio. "É importante ressaltar a parceria entre Seel e ParáPaz. Nosso espaço recebe todas as atividades destinadas a crianças e adolescentes, a maioria de bairros próximos, realizadas pelo Polo-Mangueirão com carinho, e esse projeto vem para beneficiar essas mães, para que elas tenham um bom acompanhamento na sua gestação, para seu bem-estar", destacou Vitor Borges.

 

 

imagem: