Início >> Noticia >> Mangueirão é liberado para receber partida do estadual de futebol
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Mangueirão é liberado para receber partida do estadual de futebol

Localização

Brasil
BR

O Estádio Estadual Jornalista Edgar Proença, o Mangueirão, foi liberado, de forma parcial, para receber o jogo do próximo domingo (3), entre o Clube do Remo e o Tapajós, válido pelo Campeonato Paraense. Os laudos da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Vigilância Sanitária, foram entregues ao Ministério Público Estadual (MPE), que liberou a praça esportiva nesta quinta-feira (30), após interdição em decorrência do incidente em que parte do reboco se desprendeu, caindo e danificando assentos da arquibancada.

“As obras de manutenção no Mangueirão não irão parar, estamos todos empenhados para oferecer o melhor a sociedade paraense. Agora com a liberação, estamos aptos a receber a temporada de jogos deste ano, para a alegria do público que vem prestigiar seus times preferidos em campo”, ressalta o secretário de Esporte e Lazer, Arlindo Silva.

O secretário-adjunto, Vitor Borges, confirma a continuação das obras na estrutura do Mangueirão. “Os reparos ainda estão sendo feitos na parte central do lado A. O importante é que a parte estrutural não sofreu abalo, isso dá segurança aos torcedores a irem até o estádio não só neste domingo, o primeiro jogo deste ano no Mangueirão, mas nos próximos também”.

O Mangueirão foi liberado para receber um público de 22 mil pessoas do lado B da arquibancada, 13 mil a menos que a capacidade total do estádio. Isso significa que a administração da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), cumpriu os principais termos de notificações feitos pelos órgãos de segurança pública.

“Optamos por esse número, pois consideramos a rota de fuga, evacuação e os acessos. Essa capacidade é a de segurança, principalmente, para esse primeiro momento”, disse o Coronel Alessandre, do Corpo de Bombeiros.

Ao todo, quatro laudos são entregues ao MPE, que por lei é o destinatário final dos laudos técnicos de todas as praças esportivas. O órgão do judiciário realizou na tarde desta quarta-feira (30), e na manhã de hoje (31), uma vistoria técnica nos dois lados do estádio, para averiguar os relatos feitos nos documentos entregues. A inspeção foi feita pelo promotor de Justiça Marco Aurélio, que coordena o Centro de Apoio Operacional Constitucional do Ministério Público do Pará (MPPA) pela engenheira Maylor Ledo e pela empresa de engenharia contratada pelo Governo do Estado. 

Também nesta quinta-feira (31), foi organizada uma coletiva de imprensa pelo Ministério Púbico, para debater o resultado referente a liberação do Mangueirão, estiveram presentes os promotores Joana Coutinho, Nilton Gurjão, Domingos Sávio e Marco Aurélio Lima do Nascimento.

“É importante frisar que o MP não elabora laudos. O que fazemos é fiscalizar os documentos que foram entregues pelos órgãos de segurança, para verificar se estão realmente de acordo. Já  para o jogo do dia 17, em que disputam os clubes do Remo e Paysandu, serão feitos outros laudos que devem ser entregues até o dia 10”, ressalta o promotor de justiça, Domingos Sávio.

De acordo com Paulo Brígido, da Secretaria de Obras, a conclusão dos trabalhos está prevista para o dia 10 de fevereiro. "Até o fim desse prazo, o lado A estará totalmente liberado. Fizemos nova vistoria e não existem riscos de ocorrer novos incidentes", afirma.

Os relatórios complementares feitos pelo MPE sobre a estrutura do estádio irão ser enviados à Federação Paraense de Futebol (FPF), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor.

imagem: