Início » Noticia » Acolhidos no Mangueirão ganham corte de cabelo em atividade solidária
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Acolhidos no Mangueirão ganham corte de cabelo em atividade solidária

Localização

Brasil
BR

Trinta e cinco pessoas em situação de rua, que estão acolhidas no Estádio Olímpico do Pará/EOP, o Mangueirão, desde o dia 22 de março, como forma de medida de proteção a pandemia do novo coronavírus, ganharam cortes de cabelo que foram ofertados por sete barbeiros da Região Metropolitana de Belém em uma atividade social nesta quinta-feira (09). A ação de governo alcança 700 pessoas no Mangueirão e na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho.

Romário Costa trabalha como barbeiro há um ano e meio e Will Moreira, há dois anos, e mesmo com as dificuldades que os profissionais autônomos estão passando diante da situação da pandemia de covid-19, decidiram contribuir, com seus serviços, para ajudar a quem mais precisa. “Vi, através da imprensa, todo este trabalho que está sendo feito em prol dos moradores de rua, então tomei a iniciativa de entrar em contato com os responsáveis para dispor deste serviço aos acolhidos”, contou Romário.

Também fizeram parte da atividade os barbeiros Phelippe Euclides da Silva Ferreira, Marcos Euclides da Silva Ferreira, Luan Matheus Ferreira dias, Jhony Silva Pinheiro e Antônio Regivan Miranda. O grupo tem a expectativa de repetir a iniciativa na próxima segunda-feira (13).

“Estamos aqui para cortar cabelo e fazer barba. Essa é a nossa forma de ajudar, doando nosso tempo e habilidades a quem precisa, pois mesmo com a dificuldade destes tempos, precisamos ser solidários”, ressaltou Will, que recentemente passou por uma situação de roubo de material de trabalho e, para recomeçar, contou com o apoio do amigo Romário que lhe emprestou equipamentos.  

“Esse ato solidário é essencial até mesmo para elevar a dignidade da pessoa. Além de bem-estar, também serve para contribuir na questão da autoestima desse público. Estes serviços voluntários referentes ao cuidado pessoal são muito importantes e, por isso, agradecemos a colaboração destes profissionais de barbearia que vieram contribuir com suas técnicas”, disse Vitor Borges,  secretário-adjunto da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer  (Seel).

A ação de governo é coordenada pela Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), com a parceria da Seel, Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) e Fundação ParáPaz, e com apoio da Polícia Militar, do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, do Departamento de Transito do Estado do Pará (Detran), da Cruz Vermelha e do Exército Brasileiro.  

De acordo com a Seaster, no Mangueirão estão abrigadas 520 pessoas e outras 180 no Mangueirinho.  Por dia, são ofertadas quatro refeições aos assistidos. Desde o início da ação, as doações de alimentos já somaram 18 toneladas.

 

 

 

imagem: