Vitória sobre o Remo deixa o Paysandu na final da Copa Verde

O Paysandu é finalista da Copa Verde. Depois de vencer o Clube do Remo na noite deste sábado, 23, por um placar de 4 a 2, os bicolores vão disputar o título da competição com o Gama, do Distrito Federal, que se classificou também na tarde de ontem em partida contra o Aparecidense, de Goiás.

Remo e Paysandu se enfrentaram pela segunda partida da semifinal da Copa Verde 2016, no Estádio Olímpico do Pará – Mangueirão. No primeiro jogo, o time alvi-celeste venceu por 2 a 1; o que garantiu a vantagem para o segundo confronto. Os gols do Paysandu foram marcados por Raí, Rodrigo Andrade e Betinho; já os Remo foram marcados por Ciro e Lombardi (contra).

A Copa Verde está na sua terceira edição e tem no Pará a maior concentração de público e renda. Para garantir a segurança dos torcedores, a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) atuou de forma integrada com os órgãos do Sistema de Segurança e Defesa Social - Polícias Civil e Militar, Departamento de Trânsito, Corpo de Bombeiros -  Ministério Público, Secretaria de Estado Saúde (Sespa), Secretaria Municipal de Economia (Secon) e Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob). A partida começou às 18h30 com arbitragem de Joelson Nazareno Ferreira e foi transmitida ao vivo pelo Canal Interativo.

Em sua terceira edição, a Copa Verde também faz jus ao nome, por ter o meio ambiente e a sustentabilidade como base da competição, primeira com o título carbono zero do Brasil. Durante as partidas realizadas no Mangueirão, a cooperativa de catadores de lixo reciclável de Icoaraci faz a coleta de material plástico e de alumínio. A diretora do Estádio Olímpico, professora Cláudia Moura, lembra, ainda, que a Copa Verde garante excelente visibilidade à praça esportiva. “O Mangueirão é altamente funcional, pois aqui recebemos jogos da Seleção Brasileira, do Campeonato Paraense, do Campeonato Brasileiro e, nos últimos três anos, os jogos da Copa Verde”, destacou.

A movimentação para o jogo começou desde cedo. A torcida bicolor foi a primeira a chegar, embalada pela vantagem conquistada após a vitória no primeiro clássico Re x Pa. Nos primeiros quinze minutos da etapa inicial, o volante Chicão levou cartão amarelo. Ainda no primeiro tempo, Betinho, cobrando penalty, abriu o marcador ampliando ainda mais a vantagem da equipe bicolor, mas o Remo empatou nos acréscimos do segundo tempo com gol de Ciro.

No começo do segundo tempo, o Paysandu ampliou a vantagem fazendo 2 a 1, mas a equipe azulina empatou logo em seguida, deixando o placar nos 2 a 2. A esperança do torcedor do Leão por uma virada não durou muito, pois na sequência vieram mais dois gols da equipe bicolor, que comemorou muito a vitória.

A partida final da Copa Verde será realizada no mês de maio. O vencedor da competição garante vaga para a Copa Sulamericana de 2017.

 

Tags: