Soure pode ganhar ações do projeto Navegar

A Cidade de Soure, na ilha de Marajó, pode ganhar as ações do projeto Polo Aquático, antigo projeto Navegar, gerenciado pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). O convênio para implantação do projeto deverá ser assinado entre a Seel e a Associação Pro-Marajó, presidida pelo empresário Reinaldo de Pinho Barros, que esteve em audiência com a secretária Renilce Nicodemos, titular da Seel, na semana passada. Durante a audiência, Reinaldo esteve acompanhado do filho, Naldinho, presidente do Partido Solidariedade, daquele município. O projeto Polo Aquático, de prática de canoagem, está sendo viabilizado com recursos do tesouro estadual e vai atender crianças e jovens de municípios cortados e banhados por rios. O Polo Aquático vai substituir o Navegar, criado pelo medalhista olímpico Lars Grael, e que tinha sedes nas cidades de Santarém, Soure, Tucuruí, Salinópolis, São Domingos do Capim e Senador José Porfírio.

Segundo informações da cidade de Soure ao site da Seel, na tarde da última segunda-feira, 5, o local para o funcionamento do projeto Polo Aquático já está sendo escolhido. Após esta fase, haverá visita técnica da Seel, feita pelo professor Ewerton Souza, diretor técnico, para acompanhar os últimos detalhes. O presidente do partido Solidariedade está confiante que o projeto será reaberto em Soure. “Precisamos desse projeto. A comunidade está pedindo porque as ações do projeto são muito boas e as crianças podem praticar o esporte com acompanhamento técnico e quem sabe podemos revelar talentos nesse esporte”, disse Naldinho.

Segundo o professor Ewerton Souza, a Seel está aberta para receber novas propostas de implantação do projeto. A ideia é atingir o número maior e cidades e de pessoas beneficiadas com a ação. “O Polo Aquático será disponibilizado para os municípios que quiserem formalizar parceria com a Seel. No caso de Soure, passamos todas as recomendações ao presidente da Associação Pro-Marajó e estamos aguardando os próximos passos da ação. Esperamos que a parceria seja concretizada”, disse o professor. A secretária Renilce Nicodemos já deu aval para a abertura do Polo Aquático, em Soure.

Tags: