Seel e Hemopa fazem campanha de doação de sangue para o feriado

Secretária da Seel, Renilce Nicodemos, destaca a participação dos atletas do Bolsa Talento na campanha e pede pelo apoio de toda a sociedade

Nas vésperas do feriado de Páscoa, os atletas do Programa Bolsa Talento da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), irão participar no próximo dia 12 de uma ação de doação voluntária de  sangue no Hemocentro de Belém (Hemopa), a campanha “De Bolsa Talento à Bolsa de Sangue”. Uma das atletas do programa da Secretaria, Vitória Luciana Gomes, de taekwondo, confirmou presença: “Sempre tive vontade de doar e sei que é muito importante. Eu nunca precisei de sangue e me sinto muito feliz em ter essa oportunidade”.

Antes da campanha, a coordenação de Captação do Hemopa vai promover uma palestra educativa sobre doação de sangue no dia 11 de abril, às 9 horas, no auditório do Detran. Irãoi participar presidentes de entidades esportivas, atletas, paratletas e seus familiares.

O objetivo da campanha “De Bolsa Talento à Bolsa de Sangue” é despertar e incentivar o hábito humanitário da doação voluntária, além de contribuir para a melhoria do estoque de sangue e aumentar o número de doadores no Estado. Neste período de início de ano, com aumento no índice de chuvas e alta incidência de viroses, usualmente cai o número de doadores e o estoque do Hemopa fica baixo. O programa Bolsa Talento é mantido pela Seel como forma de estimular o esporte de rendimento através da concessão de bolsas mensais. O auxílio financeiro é concedido a atletas de acordo com suas colocações em competições estaduais e nacionais.

A titular da Seel, Renilce Nicodemos, incentiva os atletas que vão participar da campanha e clama pela participação efetiva da sociedade em geral na doação de sangue: “Todos devem participar da doação de sangue, tanto nesta campanha ‘De Bolsa Talento à Bolsa de Sangue’, que a Seel promove em parceria com o Hemopa, quanto em outras. As pessoas devem se conscientizar que não custa nada e vale muito doar sangue. A sociedade tem uma necessidade urgente por campanhas como essa. E é muito importante as pessoas terem o hábito de sempre procurar o Hemopa para doar sangue. É fundamental que este tipo de iniciativa seja seguida como exemplo, para que os estoques de sangue do Hemopa possam sempre estar prontos para atender à nossa população. São vidas que podem ser salvas e os atletas do Bolsa Talento estão de parabéns por aderir a esta campanha da Seel e do Hemopa. Eles mostram porque são campeões dentro e fora das competições.”

Um dos idealizadores da campanha e técnico de Esporte e Lazer da Secretaria, Ruy Amanajás, ressalta que “a campanha é importante justamente por conta desse déficit de bolsa de sangue que o Hemopa enfrenta, ela tem o objetivo de despertar não só os atletas do programa, mas todos os servidores da Secretaria e a sociedade em geral”.

Segundo o Hemopa, toda pessoa com boa saúde, que tenha entre 16 e 69 anos e peso acima de 50 quilos pode doar sangue. Menores de 18 anos podem doar somente com autorização dos pais ou responsável legal. É necessário portar documento de identidade original e com foto e não precisa estar em jejum. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher, a cada três meses. Para fazer o cadastro de doadores de medula óssea, o candidato deve estar bem de saúde, ter entre 18 e 55 anos e portar documento de identidade original e com foto.

Serviço:

Campanha de doação de Sangue “De Bolsa Talento à Bolsa de Sangue”

Data: Dia 12 de abril, das 7h30 às 17h

Local: Fundação Hemopa (travessa Padre Eutíquio, 2.109, Batista Campos)

Coordenação: Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), em parceria com o Centro de Homoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa)