Seel avança com obras e projetos de 2016

A Secretaria de Estado de Esporte Lazer (Seel) tem metas ousadas para 2016. A previsão contida no Plano Plurianual, o chamado PPA esportivo, é de crescimento em 300% nas ações e obras físicas para fomentar a prática esportiva entre os paraenses. Segundo a secretária Renilce Nicodemos, haverá envolvimento maior das comunidades de zonas rurais e ampliação da rede física de quadras esportivas e implantação de projetos como o Viva Vôlei, em parceria com a Confederação Brasileira de Voleibol. Há ainda a expectativa de acordo com a Fundação Pro Paz com a finalidade de aliar o esporte à realidade social de crianças e adolescentes atendidos pela entidade em Belém.

“Sabemos das necessidades apresentadas em termos de orçamento financeiro, mas estamos construindo parcerias para atender nosso público e contemplar os paraenses com material esportivo e programação voltada ao esporte como inclusão social”, explicou a secretária na manhã desta sexta-feira, 7, em Belém.

O PPA é a projeção das ações públicas para o ano subsequente. Este ano, o Governo do Estado, por determinação do governador Simão Jatene, inovou nas regras de construção do documento percorrendo as grandes regiões paraenses. A Seel participou dos debates e audiências públicas em todas as fases até chegar à parcial das metas e ações para 2016. De acordo com a secretária Renilce Nicodemos, ainda pode ser cedo para falar, mas de antemão pode-se garantir que a Seel terá um crescimento bem acima da média dos anos anteriores em função das obras e serviços que serão inauguradas até o final do ano.

O Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão) está contemplado nesse crescimento a partir de obras no gramado, parte elétrica e pintura. Em Santarém, o estádio Colosso do Tapajós também recebeu gramado novo, que deverá ser entregue até o fim do ano. Outra obra significativa é o ginásio poliesportivo “Mangueirinho”, que se encontra em construção em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Obras Públicas (Sedop).

As ações sócio-esportivas ficam mantidas. Os projetos Vida Ativa na Terceira Idade, Pará Aquático, Bolsa Talento são carros-chefes. Outros em maior investimento também ficam mantidos como os Jogos Abertos do Pará e os Jogos Tradicionais Indígenas. O projeto Viva Vôlei será implantando em série, ou seja, à medida que as quadras esportivas ficarem prontas. Atualmente, segundo a secretária, vinte delas estão sendo construídas pelo interior e Região Metropolitana de Belém.

O principal trunfo, porém, para a secretária será a formalização da parceria com a Fundação Pro Paz. A ideia da titular da Seel é ratificar o esporte como inclusão social. “Não podemos pensar em tirar uma criança da rua sem dar a ela novas oportunidades. E o esporte é uma ferramenta importante nessa construção”, avalia.

Fórum  A secretária Renilce Nicodemos vai representar o Pará no 5º Fórum Nacional de Esporte, que será realizado em São Paulo, no dia 9 de setembro. O vento terá participação de nomes importantes como o governador Geraldo Alckmin, além de ministros, secretários e prefeitos das regiões Sul e Sudeste do País. 

Fotos: Agência Pará de Notícia