Secretária da Seel convida população paraense para torcer pelas estrelas do vôlei e do handebol

Renilce Nicodemos, titular da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, convida a população paraense para os próximos eventos na Arena Guilherme Paraense. Serão atrações esportivas de alto nível, com jogos nacionais e internacionais. A primeira será a 2ª edição do Torneio Quatro Nações de handebol feminino, com as seleções de Brasil, Eslovênia, Cuba e Uruguai e que será disputado nos dias 1, 2 e 3 de dezembro. Em seguida, o “Mangueirinho” irá receber no dia 14 de dezembro, às 21 horas, o jogo Vôlei Brasil Kirin x Sesi-SP, válido pela 8ª rodada da Superliga Masculina de Vôlei 2016-2017, a principal competição de voleibol do Brasil e uma das mais importantes do circuito mundial de clubes.

Segundo a Secretária da Seel, a Arena está pronta para receber os dois eventos: “Vamos ter aí o vôlei, que será no dia 14 de dezembro. Vai ser um evento muito importante porque terá atletas da seleção brasileira campeã olímpica em quadra. Vai será a primeira vez que a região Norte vai sediar um jogo da Superliga, o mais importante campeonato de vôlei do Brasil. Além disso, teremos o handebol em dezembro, com a seleção brasileira feminina também pela primeira vez aqui, na capital paraense. A seleção vem treinar por três dias e o inicio do campeonato será no dia 1º de dezembro. Mas a partir do dia 24 (de novembro) serão três dias de treinos e a população vai poder conhecer melhor a categoria.”

A 2ª edição do Torneio Quatro Nações de handebol feminino vai reunir as seleções de Brasil, Eslovênia, Cuba e Uruguai nos dias 1, 2 e 3 de dezembro, na Arena Guilherme Paraense. O campeonato é uma realização da Confederação Brasileira de Handebol (CBHb) e da Federação de Handebol do Estado do Pará (Fhepa), com apoio do governo do Estado do Pará. A entrada para a competição será um quilo de alimento não perecível. A seleção brasileira chega em Belém no dia 24 de novembro para treinamentos e as demais equipes chegam no dia 29.

No dia 1°, Uruguai e Eslováquia abrem as disputas, em partida que começa às 16h, enquanto o Brasil faz o segundo jogo do dia contra Cuba, a partir das 18h45. No dia 2, os confrontos serão entre Eslováquia e Cuba, às 19h, e Brasil e Uruguai, às 21h30. O torneio termina no dia 3, com duelos entre Brasil e Eslováquia, às 11h, e Cuba e Uruguai, às 13h.

Já no dia 14 de dezembro, às 21 horas, a Arena Guilherme Paraense vai receber o jogo Brasil Kirin x Sesi-SP, válido pela 8ª rodada da Superliga Masculina de Vôlei 2016-2017. O Brasil Kirin é o atual vice-líder da mais importante competição nacional de voleibol do país e e o Sesi-SP está na quarta posição. O público paraense poderá conferir de perto quatro campeões nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o levantador Bruninho e o central Lucão, que estavam na Itália e somam forças junto a outros dois o líbero Serginho e o ponteiro Douglas. André Heller, atualmente coordenador técnico do Brasil, também estará presente na partida.

A Secretária da Seel afirma que a Arena Guilherme Paraense tem toda estrutura necessária para receber o público com total conforto, segurança e acessibildade: “A Arena é um palco perfeito para campeonatos nacionais e mundiais. Podemos também fazer grandes shows na Arena, que tem capacidade para 12 mil pessoas, com espaço todo refrigerado. No segundo andar temos oito lanchonetes, temos 6 acessos para o público, com a vantagem de não acumular na portaria, todos podem entrar com uma facilidade muito grande, nas catracas entram seis pessoas por minuto. Temos total condição de acessibilidade para pessoas com deficiência, com rampas, vestiários e 247 lugares reservados na arquibancada para pessoas com deficiência, além de oito banheiros adaptados e todos no primeiro andar, elas não precisam subir para acessar os banheiros.  Na área interna temos 150 vagas para carros e duas mil vagas área externa.”

Renilce Nicodemos avisa que o Mangueirinho vai receber em breve um grande evento de MMA e que outras grandes atrações estão sendo planejadas para deleite do público paraense: “A agenda da Arena Guilherme Paraense está cheia de eventos, em breve vamos ter vários shows solidários e apresentações de grandes artistas em nosso Estado. Também está sendo analisado um grande evento de MMA aqui, o que ainda não está consolidado, mas que vai acontecer com certeza. É uma arena multiuso e é um orgulho para nós, paraenses.”

Em entrevista ao canal de TV a cabo Esporte Interativo, a Secretária também afirmou que o local será um verdadeiro celeiro de atletas de alto rendimento para o Estado: “A arena veio pra ajudar, não digo 100%, mas 1000% os nossos atletas. Com certeza, representa muitas medalhas de ouro, no futuro, para vários de nossos atletas. Pela sua estrutura de alta qualidade, desde o piso, vai ajudar a formar novas gerações de vencedores no esporte para o Estado. E, além disto, é um local onde eles vão poder ter contato e experiência com campeonatos e atletas de alto nível. A necessidade de nossos atletas era de uma arena como essa e hoje aqui temos realizado este sonho.”

Renilce Nicodemos declarou aindaa que o principal responsável pelo Mangueirinho é o próprio povo paraense: “A Arena Guilherme Paraense também era uma necessidade do Estado e a realização do governador Simão Jatene é para todos os paraenses. Só temos que agradecer a todos os paraenses que contribuíram com seus impostos para essa arena.”