Projeto paraense de artes marciais tem apoio da Seel

No último domingo, 1, o projeto Amor, polo Nova Marambaia, realizou mais um exame de faixas para seus alunos.

O projeto foi criado em 3 de setembro do ano passado, e oferece a prática da arte marcial, modalidade Karatê, para crianças e adolescentes de 7 a 15 anos, totalmente gratuito, tendo como missão formar o cidadão integralmente.

O projeto, legítimo e filiado à FKS-Pará, não tem nenhum tipo de financiamento e nem recebe qualquer tipo de verba de lugar algum. O trabalho é feito pela professora Luciana Pantoja Braga (foto abaixo), com apoio da comunidade e os responsáveis dos alunos, com muito sacrifício, e o local de treinamento cedido pelo presidente do Centro Comunitário Nova Marambaia, senhor Salim.

Luciana, além de atleta de Karatê, é educadora social e coordenadora do projeto. Ela agradece o apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), que ajudou o projeto, patrocinando todo o material necessário para dar início a ele. “Nosso projeto é feito com muito amor e graças a Deus só cresce. Quem achar que vale a pena ajudar, estamos sempre de portas abertas”, convidou a Luciana.

 

Texto: Dedé Mesquita - Ascom/Seel (com informações de Luciana Braga)

Fotos: Anderson Silva