Piloto paraense participa de vitória na sexta etapa da Porsche GT3 Challenge

No domingo, 20 de novembro  o paraense Oswaldo Ferreira, vice líder do Campeonato Paraense de Kart na categoria Graduados, que atua também como coach do maranhense Daniel Corrêa, participou da primeira vitória do piloto na Porsche GT3 Challenge, que ocorreu no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia. Desde o início desse ano, Oswaldo acompanha Daniel nas etapa do campeonato e desenvolve o trabalho de assessoria de pilotagem avaliando a telemetria, orientando sobre como melhorar os acertos, entre outros.

 

"É bastante gratificante trabalhar com o Daniel. Além de nos conhecermos há muito tempo, ele é um piloto muito rápido e que absorve muito bem as informações que passamos para ele. O trabalho de acerto de carro, evolução na pista e no rádio durante as corridas tem sido feito desde a primeira etapa da categoria em março. Nós já havíamos conquistado uma vitória na categoria Sport (iniciantes) mas agora vencemos na principal e foi uma emoção fantástica. Foi como se eu mesmo estivesse dentro do carro, guiando", contou Oswaldo. 

Durante a corrida o pole position Elias Azevedo segurou a dianteira, Rodrigo Mello saltou de terceiro para segundo, enquanto Daniel Corrêa perdeu ação ao tentar por fora. No meio do pelotão, Beto Leite atravessou a freada e atingiu Ronaldo Kastropil na curva 3, provocando intervenção do safety-car. Na relargada, Daniel se destacou, conquistando posições decisivas para selar seu melhor resultado na categoria.

“Tentei deixar o carro de cara pro vento, pra temperatura diminuir e o rendimento aumentar. Quando relargou, estava com o pneu na temperatura perfeita e foi só partir para frente. O carro teve o mesmo desempenho das últimas etapas, continua igualzinho. Neste fim de semana acho que a diferença foi o piloto. Estou mais focado e acho que a concentração foi o que resolveu essa corrida. Estava muito constante e isso foi bom. Ter uma boa equipe é fundamental para o resultado positivo.”, disse Daniel, vencedor da Challenge, classificação geral e classe Sport .

Oswaldo teve a oportunidade de trabalhar ao lado de André Bragantini que é piloto consultor da categoria e chefe de equipe de Thiago Camilo, tricampeão da corrida do milhão da Stock Car.

"Trabalhar ao lado do André foi uma oportunidade que tive para aprender muitas coisas sobre o acerto do carro e leitura da telemetria, e ainda mais poder estar próximo de um cara respeitado no cenário do automobilismo nacional e compartilhar experiências de pista é um conhecimento que ninguém vai me tirar. Só tenho a agradecer", disse o paraense.

Durante a etapa, na categoria Cup, que tem os carros ligeiramente mais velozes que a Challenge, Pedro Piquet, filho do tricampeão mundial de F1, Nelson Piquet, sofreu o acidente mais impressionante do automobilismo no ano de 2015. O carro do piloto se tocou com o de Ricardo Batista e capotou 9 vezes na área de escape da curva 2 do autódromo. Piquet saiu apenas com ferimentos leves na mão esquerda e hematomas no rosto causados pelo choque do capacete com o banco do veículo. 

"O susto foi bem grande, ainda mais porque demorou bastante pra tirarem ele de dentro do carro. Mas graças a Deus foi mais a plástica do acidente que impressionou. Os carros são absurdamente seguros. Se fosse em outra categoria talvez hoje estivéssemos lamentando a perda de um companheiro", garante Oswaldo.

A Porsche GT3 Cup Challenge retorna a Curitiba para a sétima etapa da temporada, no dia 24 de outubro. Oswaldo participar da 7º e penúltima etapa do Campeonato Paraense de Kart, em Castanhal, no próximo dia 4 de outubro. Além de recordista da pista, Oswaldo é o atual vice-líder da categoria graduados.

(Com informações do site: http://www.porschegt3cup.com.br)

Fotos: Luca Bassani

Texto: Erika Torres de Azevedo