Paratleta de projeto social é medalha de ouro no Rio

O paratleta Leonardo Baena, 16, conquistou medalha de ouro na primeira etapa da competição “Judô para Todos”, ocorrida no período de 7 a 9 de agosto, em Deodoro, RJ. O paratleta é portador de Síndrome de Down, mas já detém a faixa azul e o título de campeão da categoria sub-18, que reúne atleta com menos de 81 quilos na classificação grau moderado. A medalha de ouro foi conquistada em evento realizado pela Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro (FJERJ) e classificou o paratleta para o evento internacional com data e local a serem definidos pela federação carioca. Baena recebeu apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) para disputar o evento.

O paratleta está há seis anos no projeto social Dorinha mantido pela Associação Souza Filho de Artes Marciais (Asfam). O técnico e professor Reinaldo Costa conta que o esporte mudou a vida do rapaz. “Acompanho o Leonardo desde o começo e percebo que a parte motora tem se desenvolvido e a interação social também. Ele faz aulas comigo, que sou professor e técnico dele, e interage com os outros alunos. A colaboração da Seel tem sido importante para a evolução social e esportiva do Leonardo”, ressaltou o professor.

A presidente da Asfam, Ana Cecília Moreira Silva, também acompanha os atletas nas competições e explicou como o projeto é desenvolvido. “O projeto atende pessoas que estão na linha da pobreza ou abaixo da linha de pobreza, na faixa etária de 3 a 60 anos, de escola pública ou portador de alguma necessidade especial, com aulas de judô. Atualmente temos 150 alunos e seis anos de atividades. O Leo foi um dos nossos primeiros alunos e é recompensador ver o resultado do trabalho realizado com ele”, destacou a presidente da Asfam, que esteve na sede da Seel para agradecer o apoio destinado ao paratleta Leonardo Baena.