Paraense é bicampeão pan-americano de caratê

O paraense Matheus de Amaral, de 17 anos, se tornou bicampeão pan-americano de caratê, ao conquistar a medalha de ouro pela modalidade kumitê no campeonato disputado no final de julho em Buenos Aires. Ele é faixa preta, competiu na categoria dos 15 aos 17 anos e também foi medalha de prata na modalidade kata. O seu irmão, o faixa verde João Paulo de Amaral, de 15 anos, conquistou bronzes no kumitê e no kata. A dupla viajou para a Argentina com o apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel).

Matheus (à esq.) e João Paulo exibem as medalhas conquistadas na Argentina.

O 4° Campeonato Pan Americano de Karate da Associação Kouri de Artes Marciais (Askam) foi disputado no período de 21 a 24 de julho, na capital argentina. Os dois agora se preparam ao Campeonato Brasileiro e para o Mundial, que serão realizados em novembro deste ano.

Moradores do bairro de Coqueiro, em Ananindeua, os irmãos já carregam muitos títulos na bagagem. O primeiro ouro pan-americano de Matheus foi conquistado em 2014, na Argentina. Ele é tetracampeão paraense (2011, 2013, 2015 e 2016) e tricampeão brasileiro com os títulos de 2012, 2013 e 2015. João foi campeão mundial em 2014, também na Argentina, e conquistou os títulos brasileiros de 2013 e 2015, além de ser bicampeão paraense com os ouros dos campeonatos de 2013 e 2014.

Matheus e João lutam há oito anos, com torcida entusiasmada da família e dos amigos. Paulo Vicente, pai dos meninos, conta como tudo começou: "Eu era jogador de futebol e imaginei que meus filhos também seriam. Mas me enganei feio. Os dois gostam de lutar caratê desde bem pequenos. Eu apoio e dou a maior força para eles. Estamos vivendo momentos difíceis em que o mundo oferece muitas coisas ruins para as crianças e ver meus filhos envolvidos com um esporte tão bonito é um orgulho para mim", disse.

Os irmãos atletas estiveram na última terça-feira, dia 2, na sede da Seel, para agradecer o apoio da Secretaria: "Há muito tempo nós recebemos o incentivo da Seel. Isso nos permite viajar e competir representando o nosso Estado. Estamos aqui para agradecer à secretária Renilce Nicodemos, que está sempre de portas abertas pra gente", disse Matheus.