Pará é medalha de bronze em Campeonato de Boxe Chinês (Sanda), em São Paulo

O Pará conquistou medalha de bronze, por equipe, no Campeonato Brasileiro de Boxe Chinês, o Sanda, que também agrega a modalidade de Kung Fu na sua concepção esportiva. A disputa foi em São Paulo, no período de 29 a 30 de agosto, com apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), que atendeu pedido da Liga Sanda Paraense de Boxe Chinês. A Liga trabalha há um ano em ações sociais e incentivando a prática esportiva na cidade de Ponta de Pedras, na ilha de Marajó. A delegação paraense foi composta por 14 pessoas, na faixa etária de 11 a 25 anos. No quadro geral de medalhas, o Pará conquistou nove de ouro e uma de bronze, o que rendeu o terceiro lugar por equipe. O resultado também levou a Assembleia Legislativa de São Paulo a prestar homenagem aos paraenses, reconhecendo a trajetória de trabalho e compromisso permanente no esporte, cultura e educação, além de incentivar a construção de um mundo fraterno, humano e solidário.

Seis atletas paraenses foram classificados ao Campeonato Internacional de kung Fu (Sanda), marcado para São Paulo no período de 22 a 23 de novembro, e para o Festival Sanda, na Bolívia no dia 29 de novembro. O campeonato paulista revelou dois destaques na equipe paraense: Adriano dos Santos, 11, e Tiago Pereira, 25, que tiveram a luta mais rápida e melhor desempenho em dois rounds, o que obrigou os adversários a desistirem da luta. A dupla paraense ficou com o cinturão.

Segundo o presidente da Liga Sanda Paraense de Boxe Chinês, professor Leonardo Absolão, e o vice-presidente, Kyoshi Takahashi, o apoio da Seel foi fundamental para o êxito da delegação em terras paulistas. “Para nós é muito complicado conseguir patrocínio, não só no Kung Fu e no boxe chinês, mas em qualquer modalidade de esporte. O fato de morarmos em Ponta de Pedras, na ilha de Marajó, torna a situação mais difícil, por isso, só temos a agradecer o patrocínio da Seel que renova esperança para seguirmos rumo a outras competições nacional e internacional”, disseram os dois dirigentes esportivos durante visita de agradecimento à secretária Renilce Nicodemos, no inicio deste mês.