Mangueirão recebe público de 15 mil em reabertura para 2016

O Clube do Remo venceu o Águia, de Marabá, em partida realizada na tarde deste domingo, 31, no Estádio olímpico do Pará – Mangueirão. Um público de 15.701, entre pagantes e credenciados, assistiu a vitória azulina pelo Campeonato Paraense de Futebol Profissional. O esquema de trânsito e acesso ao estádio pela rodovia Transmangueirão funcionou normalmente. Os portões do estádio foram abertos cedo para evitar tumulto. A Secretaria de Esporte e Lazer (Seel), gestora do Mangueirão, acompanhou todas as rodadas preparativas para definir o esquema especial de trânsito e segurança para o jogo de reabertura do estádio à temporada do Parazão 2016.

Uma comissão foi montada para trabalhar o assunto e durante a semana que antecedeu o jogo foram realizadas várias reuniões e visitas aos pontos mais críticos na área de entorno do estádio. A comitiva reuniu a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Semob, Detran, Secretaria de Segurança Pública, Federação Paraense de Futebol, Ministério Público e Secretaria Municipal de Urbanismo e Prefeitura Municipal de Belém, responsável pela obra do BRT.

Mais de 200 homens da Polícia Militar atuaram na segurança dentro e fora o estádio. Outros 60 bombeiros também estiveram no estádio, além de policiais civis, agentes do Juizado da Infância e Juventude e de órgãos de proteção do consumidor participaram das atividades que marcou a reabertura do Mangueirão para a temporada de 2016. A expectativa da diretora Cláudia Moura é parra uma temporada de alegria e muita movimentação, uma vez que o Mangueirão será palco dos campeonatos paraense, brasileiro das séries B e C, Copa Verde, Copa do Brasil, além dos eventos de cunho religioso. “Estamos cuidando para que o Mangueirão continue sendo a casa do futebol na Amazônia”, disse a diretora na tarde deste domingo, 31.

Para receber os jogos da temporada de 2016, o Mangueirão passou por serviços de limpeza, pintura, gramado e partes elétricas e hidráulicas. Em 2016, o Mangueirão também será ponto de visitação turística num trabalho de parceria com a Universidade Federal do Pará. O estádio paraense também foi alvo de pesquisa por parte do Ministério do Esporte, juntamente com outras 154 praças esportivas e as 16 arenas construídas à época da Copa do Mundo em 2014. A placa alusiva à nova classificação do Mangueirão, considerado um dos melhores do Brasil, foi entregue à diretora Cláudia Moura, em evento realizado em São Paulo, no último dia 28. O evento também marcou o lançamento do Sistema Brasileiro de Classificação dos Estádios (Sisbrace) realizado pelo ME em todo o País.

Parazão – O Campeonato Paraense de Futebol Profissional 2016 foi aberto dia 30 em jogo realizado em Santarém. São Raimundo e Tapajós empataram em 2 a 2. Um público de quase oito mil pessoas acompanhou o jogo no estádio Colosso de Tapajós. O estádio santareno recebeu o gramado novo a partir do projeto da Secretaria de Esporte e Lazer. O Governo do Estado é o patrocinador máster do Parazão com investimento de R$ 8 milhões por meio de convênios da Seel, Funtelpa e Banpará.

Foto: Cristino Martins / Agência Pará