Mais de 300 atletas participaram da III Copa Campos de Judô


A Copa Campos de Judô, que recebeu apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), reuniu 316 atletas, no último sábado (29), no ginásio da Universidade Estadual do Pará (Uepa), no bairro do Marco, em Belém. Além do Pará, participaram da disputa crianças e adolescentes de 4 a 17 anos do Amapá e Maranhão.

O atleta Higo Rafael, 10 anos, é faixa faixa azul e treina há 4 anos na Academia Fábio Machado, em Macapá-AP. Para ele o judô ensina a pessoa a ter disciplina. "As vezes a gente se machuca treinando, mas isso também faz a gente aprender. Já participei de dois eventos, levei pro meu Estado a medalha de ouro e prata. E é assim que eu consigo honrar minha cidade e a minha academia”, disse o atleta.

A presidente da Associação Campos de Judô, Valcineia Campos, disse que a modalidade pode ser desenvolvida por qualquer pessoa de todas as idades. “O judô auxilia na vida de todos que praticam, ensina o respeito, a disciplina e honra. A Copa foi criada para reforçar essa ideologia e também incentivar as crianças a ter um futuro melhor”.
Atualmente, a Campos possui dois polos do projeto, um em Belém e outro em Marituba. Valcineia quer ampliar o trabalho. “Temos planos de abrir mais polos para atender crianças e adolescentes. Em mais de nove anos de existência da Associação, já atendemos quase 80 atletas nos dois polos”, completou.

O adolescente Luiz Miguel, 14, é faixa roxa e já participou de vários campeonatos. “Pra mim é bom poder participar da Copa Campos, eu já participei de vários eventos e poder participar de um evento da minha academia é muito bom. Aqui tenho apoio total e posso fazer o meu melhor. É tão importante quanto qualquer outro evento”, finalizou.


 

Na última segunda-feira (31) representantes da Associação estiveram na sede da Secretaria de Estado e Esporte e Lazer (Seel) para agradecer o apoio recebido para a realização do evento. Na ocasião, presentearam a titular Renilce Nicodemos.