Jovens de Val-de-Cães se destacam em Mundial de Jiu-Jítsu

A atleta Luanne Souza, 15, e Lorran Pimentel, 14, que fazem parte do projeto social “Apocalipse de Jiu-Jítsu e Box” do bairro de Val-de-Cães, região central de Belém,foram medalhistas do Campeonato Mundial e Jiu-Jítsu, ocorrido no período de 14 a 17 de julho, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo.  Luanne é faixa azul e ficou em segundo lugar, ou seja, medalha de prata na categoria juvenil (B) até 65 kg. A jovem fez três lutas, venceu duas e perdeu a final tornando-se vice-campeã. Já Pimentel ficou com ouro, sagrando-se campeão mundial da competição. O atleta é faixa branca da categoria infanto-juvenil (B) pluma até 51 kg. A dupla esteve na sede da Secretaria de Esportes (Seel), na manhã desta terça-feira, 2 , para agradecer ao apoio que receberam para viajar até São Paulo.

Para disputar o Mundial, Luanne contou que perdeu sete quilos para alcançar o peso ideal e competir na categoria desejada. “Foi momento único, fiquei honrada, já que coloquei em prática todo aprendizado adquirido, chegar até aqui foi muito difícil, os treinamentos foram puxados para perder peso, mas tive que dá meu gás e sentir que tenho que melhorar muito, principalmente para poder participar do internacional e assim trazer a segunda medalha para o Pará”, destacou.  

Lorran é só alegria. Ele disse que adorou representar o Pará no campeonato e que pretende seguir carreira. “Estou feliz por ter conquistado a medalha de ouro ara o meu Estado. Agora vou me preparar para o internacional que será em Manaus. Agradecemos a Seel pela parceria, se não fosse o apoio, não conseguiríamos as passagens para chegar até lá e a oportunidade seria perdida”, destacaram.