Integrantes do programa Bolsa Talento da Seel são vencedores no Troféu Romulo Maiorana

Sete dos atletas e um dos técnicos integrantes do programa Bolsa Talento, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), foram vencedores em suas modalidades esportivas na premiação do Troféu Romulo Maiorana, em uma ação das Organizações Romulo Maiorana (ORM) e TV Liberal, na noite de terça-feira (14), no teatro Maria Sylvia Nunes, da Estação das Docas. Este ano, a apresentação ficou a cargo do jornalista e apresentador do Esporte Espetacular, da TV Globo, Ivan Moré.

Edilson Ribeiro Kramer, do Ciclismo; Lucas Matheus Oliveira Gomes, de Desportos Aquáticos (natação); Mario Antônio dos Santos Nunes Jr, de Ginástica; Jéssica Nayara de Souza, do Handebol; Luiz Eduardo Motta Pinho Júnior, de Judô; Hugo Yamaguchi, do Caratê; Victor Matheus Lourenço, do Tênis de Mesa; o técnico Wilson ‘Caju’ da Silva Correa, no Basquete em Cadeira de Rodas, foram os contemplados. Além deles, o atleta de MMA Ildemar Marajó, que não é Bolsa Talento, mas é apoiado pela Seel, foi o melhor em Combates Esportivos.

A titular da Seel, Renilce Nicodemos Lobo, esteve presente à cerimônia, e fez entrega do troféu Esporte Responsa, que apoia iniciativas sociais e o quanto o esporte pode ser importante nesse contexto (foto acima). Este ano, o premiado foi o projeto “Tênis no Bairro da Terra Firme”, que tem participantes de sete bairros de Belém, próximos a Terra Firme e Canudos. A secretaria elogiou a iniciativa dos irmãos Rodrigues, responsáveis pelo projeto. “O esporte é a saída para muitas mazelas sociais. Um projeto como esse leva esperança a muitas crianças e adolescentes, e temos orgulho de hoje aqui premiar essa ação que valoriza o trabalho em comunidade”, reassaltou a secretária.

“Começamos com um projeto que era apenas a distribuição de brinquedos no fim do ano. Foi minha mãe quem me aconselhou a dar algo a mais. Esse é um trabalho de equipe e de amor. Acredito que, se não for assim, as coisas não dão certo”, disse Mauro Rodrigues, um dos idealizadores e coordenador do projeto.

Perla Assunção, jogadora de basquete em cadeira de rodas, foi a grande vencedora da 21ª Edição do Troféu Romulo Maiorana, realizada na noite de terça-feira. Perla recebeu o troféu na categoria Atleta do Ano, pelo qual recebeu o anel pódio, feito totalmente em ouro. Ela também foi a vencedora na categoria Atleta com Deficiência.

Talento - Victor Matheus Lourenço, do Tênis de Mesa, é bicampeão no Troféu Romulo Maiorana. No ano passado, ele venceu também. O adolescente é reconhecido pela forma muito técnica com que joga, e por ser muito centrado quando está em competição. Ele agradeceu, em especial, à família que sempre o apoiou.

Já Hugo Yamaguchi, do Caratê, além de ser do programa Bolsa Talento, é apoiado pela Seel em competições nacionais e internacionais. Foi em Toscana, na Itália, no ano passado, que ele se tornou campeão mundial em sua categoria, e viajou com apoio da secretaria.

Wilson Caju e Ildemar Marajó também destacaram o apoio recebido da Seel. Ildemar foi mais específico ao destacar que a secretaria é incansável em apoiar as lutas das quais ele participa. “Sempre somos bem recebidos na Seel. O apoio da secretaria é fundamental para que possamos lutar fora do Brasil e assim mostrar que o Pará é bom também em MMA”, disse Ildemar.

A atração musical do evento da noite de terça-feira ontem foi o violonista paraense Salomão Habib, que apresentou um trecho do espetáculo “Sete Séculos de Músicas”.

O superintendente da TV Liberal, Fernando Nascimento, confirmou que no ano que vem, na comemoração de 22 anos do Troféu Romulo Maiorana e dos 40 da TV Liberal, será publicado um livro contando a história da premiação, além da realização do Congresso Internacional de Responsabilidade e Gestão Esportiva, em parceria com as Universidades do Porto (Portugal) e de Granada (Espanha).

 

Texto: Dedé Mesquita - Ascom/ Seel

Foto: Elivaldo Pamplona - Jormal O Liberal (ORM)