Gramado do Mangueirão é revitalizado

O gramado do Estádio Olímpico do Pará (EOP), o Mangueirão, está sendo revitalizado. Uma frente de serviços foi aberta na manhã desta quinta-feira, dia 22, para dar tratamento especial ao tapete verde e deixá-lo pronto e renovado para atender ao calendário esportivo de 2017, que prevê jogos pelos campeonatos Paraense, Brasileiro, Copa Verde e Copa do Brasil. Segundo a diretora do EOP, professora Cláudia Moura, o trabalho inclui descompactação, nivelamento, calagem, adubação com três fatores diferenciados de produtos químicos e manutenção do sistema de irrigação; e após esse procedimento, o gramado passará por um processo de repouso e observação. O trabalho deverá ser concluído até 25 de janeiro, quando o local ficará à disposição da Federação Paraense de Futebol e Confederação Brasileira de Futebol para realização de jogos oficiais.

O Campeonato Paraense 2017, por exemplo, está pronto. A primeira rodada classificatória será realizada com os seguintes jogos: Paissandu e Castanhal, dia 28 de janeiro, às 1830; Paragominas e Independente, às 20h, e Águia e São Raimundo, também às 20h, completam a rodada de sábado. No domingo,29, jogam Clube do Remo e Cametá, às 16h, e São Francisco e Pinheirense, às 18h. Todos os jogos ainda não têm local definido, conforme a tabela publicada no site oficial da Federação Paraense de Futebol (FPF). "A Secretaria de Esporte e Lazer (Seel), gestora do Estádio Olímpico do Pará-Mangueirão, se coloca à disposição das entidades organizadoras e coordenadoras do futebol brasileiro, em especial o paraense, para atendê-los da melhor maneira possível. Por isso, estamos cuidando do gramado e todos os demais setores do Mangueirão com o propósito de deixá-lo em consonância com o Estatuto da Torcedor e dar mais conforto ao público e aos jogadores", disse a diretora Cláudia Moura.

Além do gramado, o Mangueirão também está recebendo serviços de pinturas e manutenção nas partes elétricas e hidráulicas. Novos assentos com cobertura também já foram instalados para dar mais conforto ao quadro de jogadores reservas, jornalistas e demais profissionais que atuam à beira do gramado. Outra novidade é o sistema de catracas eletrônicas. Os equipamentos foram instalados nas bilheterias de acesso ao Mangueirão, que já possui rede de internet, sistema de monitoramento eletrônico, estacionamento com capacidade para centenas de veículos; o que dá mais segurança ao público que adquire o bilhete do estacionamento juntamente com o ingresso do jogo.

Para realização dos jogos, a diretoria do Mangueirão conta com uma rede de colaboradores que atua nas áreas de policiamento, trânsito, limpeza e conservação, elétrica e hidráulica, monitoramento eletrônico, imprensa, atendimento à saúde com dois ambulatórios e ambulâncias, vigilância sanitária, Juizado da Infância e Juventude e Associação dos Ambulantes do Mangueirão. "Temos esse compromisso com a sociedade e com os torcedores paraenses. O Mangueirão é um patrimônio da nossa cultura arquitetônica, social, templo de torcidas maravilhosas, então, precisamos cuidar para que esse espaço continue aberto e funcionando como ponto de lazer e diversão de todos", destacou Cláudia Moura. O Mangueirão também é ponto de visitação pública. Quem quiser conhecer o estádio pode mandar email para Assessoria de Imprensa da Secretaria de Esporte e Lazer (ascomseel22@gmail.com) ou pelo telefone 3201-2300.

Texto: Selma Amaral (Assessoria do Mangueirão)