Governador e prefeito de Belém vistoriam obras do Mangueirinho e BRT

Na tarde desta quinta-feira, 23, o governador Simão Jatene, acompanhado do prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, fez uma visita técnica às obras de construção do Ginásio Poliesportivo do Estádio Olímpico do Pará, que está sendo chamado de Mangueirinho, e do terminal do BRT, ambos localizados no entorno do Mangueirão.

A vistoria começou pelo ginásio que está na fase de urbanização do entorno. O gradil já foi instalado, o gramado está sendo colocado e pra finalizar o projeto paisagístico serão colocadas palmeiras regionais como a pupunheira e o açaizeiro. As bilheterias e os portais de acesso já foram finalizados, e o estacionamento está sendo concluído. A parte interna, que está pronta, ainda vai receber a comunicação visual que será feita com adesivos e placas de indicação.

As informações foram repassadas pela secretária de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), Noêmia Jacob, que detalhou que o projeto inteiro conta, ainda, com uma pista lateral para facilitar o trânsito em dias de evento. “É uma pista de acesso que vai servir como rota de fuga. Já foi feita a drenagem e estamos começando a fazer a implimação (serviço que aumenta a coesão da superfície e melhora as condições de aderência entre as camadas do pavimento), que vai se interligar ao estacionamento do Mangueirão”, explicou a titular da Sedop. 

A capacidade de público do Ginásio Poliesportivo é de aproximadamente 12 mil pessoas sentadas nas arquibancadas. Para maior conforto dos presentes, a obra tem um estacionamento com capacidade para 224 vagas, além de bares, restaurantes, banheiros, dois elevadores e oito cabines de imprensa. Na ocasião o governador Simão Jatene disse que o projeto vai integrar um espaço de convivência que será construído em uma área localizada na lateral do ginásio, por trás do prédio do Planetário.

“É uma área que tem um bosque e um córrego, onde vamos integrar uma grande praça. Essa é uma região que vem aumentando a sua população de forma extremamente acelerada, então é importante que se tenha espaços coletivos onde as pessoas possam se encontrar. Esse é um novo ambiente que a região Metropolitana de Belém ganha, que vai ter o esporte como fundamento - Mangueirinho e Mangueirão -, a mobilidade facilitada pelo terminal do BRT, e mais esse espaço de convivência”, contou o governador Simão Jatene.

Trânsito - Ao visitar a obra do terminal do BRT, o chefe do Executivo Estadual ficou surpreso com o estágio avançado da construção. “Além de ser uma bonita obra, ela vem para melhorar a qualidade de vida das pessoas para que elas possam circular pela cidade mais rápido, com mais conforto, mais segurança e tranquilidade”, festejou Jatene ao parabenizar a prefeitura de Belém e ao falar da articulação com a gestão municipal para que as obras vizinhas evoluam ao mesmo tempo.

“Estamos tentando fazer com que as obras sejam 'casadas'. Obras desse porte tem um movimento de terra muito grande, então não adianta concluir o Mangueirinho, por exemplo, sem concluir o BRT, pois um pode prejudicar o outro”, avaliou Simão Jatene que lembrou que está tudo pronto para o início das obras do BRT Metropolitano, o Estado depende apenas da autorização da União para começar a implementar o projeto que vai do Entroncamento, entre os municípios de Belém e Ananindeua, ao município de Marituba.

“Estamos com tudo aprovado e com recursos definidos. Lamentavelmente só precisamos da autorização do Governo Federal pois, por se tratar de uma BR, o Estado só pode fazer uma obra com a permissão da União. Vale lembrar que o BRT Metropolitano não vai gerar nenhum custo para os cofres federais, por isso não há justificativa para que a área não seja liberada para receber as benfeitorias”, reiterou o governador Simão Jatene ao informar que o presidente em, exercício Michel Temer se comprometeu em dar uma solução ao problema.

Ao conduzir o governador pelas obras no terminal do BRT, o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, informou que os ônibus começam a funcionar em caráter experimental a partir do dia primeiro de julho. “Vamos começar a operação experimental com os 15 primeiros BRTs. Todos os ônibus possuem ar condicionado e internet wi-fi. O terminal do Mangueirão vai servir como integração dos ônibus que vão circular nas avenidas Augusto Montenegro e Almirante Barroso”, garantiu Zenaldo que disse estar satisfeito com o andamento da obra que faz parte do complexo do Mangueirão, uma área que está sendo renovada e valorizada com obras de grande porte.

Por Dani Filgueiras / Agência Pará