Diretora do Mangueirão premia os campeões da Segundinha

No último sábado, 26, o Pinheirense, de Icoaraci, conquistou o título da “Segundinha”, o Campeonato Paraense Seel da Segunda Divisão de 2016. O time venceu por 4 a 2, nos pênaltis, a equipe de Castanhal e ficou com título. A decisão foi realizada no Estádio Olímpico do Pará, Mangueirão. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer (Seel), é o patrocinador oficial da Segundinha. A diretora do Mangueirão, professora Cláudia Moura, representou a secretária da Seel ,Renilce Nicodemos, na cerimônia de entrega do troféu aos campeões e medalhas ao time vice-campeão.

A vitória também marca a volta do Pinheirense à elite do futebol paraense em 2017. A campanha do “General da Vila” foi irretocável, sem derrota. O técnico Misomar Rodrigues foi o primeiro a soltar o grito de campeão e saudar a torcida e seus atletas.

O título foi decidido nos pênaltis após empate de 1 a 1 no tempo normal de jogo.  O Pinheirense saiu na frente no placar da decisão com gol de Jayme, que aproveitou o rebote da cobrança de pênalti desperdiçada pelo atacante Feijão. O Castanhal empatou o jogo ainda no primeiro tempo com gol contra de Laion. O placar final foi de 4 a 2 para o Pinheirense. Os gols foram marcados por Jayme, Diego índio, Diogo e Alexandre. Para o Castanhal marcaram os gols João Vitor e Tsunami. O herói do jogo foi o goleiro Evandro, que fechou o gol por duas vezes nas cobranças do Castanhal.

Castanhal e Pinheirense chegaram à final da Segundinha após vencerem os confrontos contra Sport Belém e Carajás respectivamente, na semana passada. As vitórias também garantiram o acesso dos dois clubes à chamada elite do futebol paraense em 2017. Os dois vencedores vão se juntar ao Remo e Paysandu, cada um em uma chave de classificação distinta.

Dez equipes compuseram a Segundinha divididas em duas chaves de confrontos. Na chave A-1 disputaram Castanhal, Tiradentes, Gavião, Carajás e Vênus. Na chave A-2 se enfrentaram Tuna Luso Brasileira, Vila Rica, Sport Belém, Desportiva e Pinheirense. Castanhal e Pinheirense, da vila de Icoaraci, foram os líderes de suas chaves e fizeram a final da competição, em Belém.

A decisão atraiu centenas de torcedores. Do município de Castanhal, a torcida do “Japiim da estrada”, em alusão as cores amarelo e preto do passarinho e do uniforme do time, empolgaram os jogadores e de Icoaraci, a turma do chamado “General da Vila”, também se fez presente em grande número.  O jogo marcado para as 15h30 foi tranquilo. A chuva ajudou a derrubar a temperatura para 28 graus durante o segundo tempo.

Castanhal – Marcelo Valverde, Leo Rosa, Tsunami, Elson (capitão), Serafin, Bartola, Dedeco, João Victor, Kariri e Edicleber. O técnico Samuel Cândido.

Pinheirense – Evandro Cardoso, Claydir, Alexandre, Gabriel Bruno, Marcelo de Souza, Laion Souza, Antonio Cleberson, Kleber Queiroz e Jayme. Técnico Misomar Rodrigues.

Texto: Selma Amaral (Assessoria de imprensa do Mangueirão)

Fotos: Ray Nonato