Cristo Redentor é campeão da Copa Pará de Futebol Amador

 A equipe de Cristo Redentor é campeão do sub-18 da Copa Pará promovida pela Associação de Clubes Amadores Independentes (Ascaipe). A decisão foi na cobrança de pênaltis, após empate de 2 a 2 no tempo normal da partida, contra a equipe do Santa Cruz, do bairro do Aurá. A Copa recebeu apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). A programação deste domingo, 13, abriu com a decisão do Sub-11. Os meninos da Escolinha de Futebol dos Rodoviários foram campeões com placar 3 a 1 contra equipe do Park Verde. A avaliação do evento foi positiva, segundo Afonso "Dida" dos Santos, diretor da entidade, pois reuniu familiares, amigos e alguns "olheiros" do futebol paraense. "Nosso papel está sendo cumprido aos poucos, sobretudo, o de integração social e de oportunidades para esses meninos que estão revelando talento à sociedade", disse "Dida", que também agradeceu a secretária Renilce Nicodemos, titular da Seel, pelo apoio concedido.

Na primeira decisão da manhã os destaques da partida foram os jogadores Luis Felipe, Luis Cardoso e Rafael Costa da equipe dos Rodoviários. Por parte do Park Verde, o destaque foi o atacante Matheus Henrique. A intenção do Clube do Remo em participar do campeonato em 2016 melhorou ainda mais o ânimo dos dirigentes da Ascaipe. "Com o Remo na competição a Copa será mais disputada e ganhará mais visibilidade. Eu acredito que em 2016 teremos um excelente trabalho. O apoio da Seel deverá ser mantido e nosso projeto será ampliado", avaliou Afonso "Dida". 

O segundo jogo foi muito equilibrado. Cristo Redentor e Santa Cruz pelo sub-18 encerraram o tempo normal empatados em 2 a 2. Nos pênaltis, o Cristo Redentor venceu por 5 a 4, uma vez que o Santa Cruz desperdiçou uma cobrança. A diretoria do campeão invadiu o campo para comemorar junto com os garotos. A presidente Estela Helena era uma das mais animadas. Ela aproveitou a oportunidade para agradecer a secretária o apoio. Para a partida, a Seel doou os uniformes e todo material esportivo.

A secretária Renilce Nicodemos disse, na ocasião, que o projeto da Ascaipe foi um presente de Natal à Seel. "Estamos muito orgulhosos em participar desse projeto. Em 2016 dobraremos o apoio, inclusive com o espeço do campo do Ceju para os garotos treinarem. Afora isso, queremos ampliar as ações com apoio de médicos, psicólogos e ex-jogadores de futebol profissional para incentivar os meninos", garantiu. A Copa Pará de futebol amador foi realizada pela Ascaipe e reuniu 16 clubes de Belém e Ananindeua. As partidas finais foram realizadas no complexo do Ceju, espaço construído em Belém como legado da Copa do Mundo de 2014.

 

Foto: Carlos Sodé / Agência Pará de Notícia