Corrida Coronel Fontoura reforça tradição

A mais antiga corrida de rua do Pará e uma das 100 mais antigas do Brasil reforçou a sua tradição de grande evento do calendário esportivo do Estado. A 46º Corrida Coronel Fontoura reuniu cerca de 1.800 atletas entre militares e comunidade em geral, diante de uma torcida animada na avenida Visconde de Souza Franco na manhã do último domingo. A prova comemorou os 198 anos de criação da Policia Militar do Estado do Pará e buscou a integração e socialização de militares com a sociedade, por meio do esporte. O evento contou com apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel).

Este ano, a corrida inaugurou o percurso com chegada em frente ao shopping Doca Boulevard. O trajeto de 13,5 quilôetros teve largada na avenida Augusto Montenegro, em frente ao Parque Shopping, passando por av. Centenário, av. Júlio Cesar, av. Brigadeiro Protásio, av. Duque de Caxias, rua  Antônio Barreto, até a Doca. Rosivaldo Moreira da Silva e Elivani Oliveira dos Santos foram os vencedores na modalidade Comunidade. Entre os militares, os primeiros colocados foram Renato Teixeira Alves e Ana Cláudia Brito Coimbra.

Para o Coronel Marcelo Simonetti, como a largada e chegada voltaram a ser localizadas em pontos diferentes, a corrida resgatou o seu espírito original, refletido em seu antigo nome: “Volta da Cidade”. “A princípio, tínhamos disponibilizado 1.600 inscrições, mas a procura foi muito grande e tivemos que abrir mais 200 vagas. Realmente superou todas as nossas expectativas e foi um sucesso. Mesmo com um percurso maior do que edições anteriores, os participantes conseguiram completar a prova”, diz o militar, um dos organizadores do evento.

A corredora Carmem Leal, de 35 anos, começou a correr em 2009 e já participou de várias provas, inclusive de uma ultramaratona com 24 horas de corrida. Ela levou para a pista a sua filha Amanda, de apenas oito meses, em um carrinho de bebê. “É a nossa segunda corrida juntas. A nossa primeira corrida foi ano passado quando participei de uma ultramaratona e estava grávida de dois meses e ainda não sabia. Conseguimos terminar a prova com um tempo de uma hora e 18 minutos, estou muito satisfeita. Vamos treinar para as próximas e melhorar o nosso tempo”, contou a atleta, rindo.