Capanema dá largada no III Sun&Fun Adventure sob forte chuva

Localizado a 160 quilômetros de Belém, no nordeste do Pará, o município de Capanema, conhecido como "Terra do Cimento", virou o cenário dos esportes de aventura neste fim de semana. Um grupo de 101 ciclistas de Belém, Capanema, Peixe Boi, Paragominas, Salinas, Bragança e Abaetetuba deu a largada na tarde deste sábado (4) do III Sun&Fun Adventure.

O circuito deste ano, que reúne provas de mountain bike, corrida rústica e stand up paddle, foi iniciado com duas trilhas de mountain bike neste sábado. Nem a forte chuva que caiu sobre Capanema desanimou os ciclistas, que se aventuraram em duas trilhas: de 40 e 60 quilômetros. A cidade foi escolhida para abrir o circuito deste ano pela disposição geográfica privilegiada, com trilhas elevadas que estimulam a superação dos aventureiros.

O Sun&Fun Adventure começou como uma brincadeira entre amigos, em 2015. Um sítio em Benfica reuniu 190 pessoas em provas de bike e stand up. No ano seguinte, o circuito foi ampliado com a prova de corrida rústica e ganhou espaço em três localidades: Mosqueiro, Marajó e Salinas. "O intuito não é a competição, e sim a superação e lazer. Queremos também integrar as comunidades locais e divulgar as belezas naturais da região por meio dos esportes de aventura", disse Live Gomes, uma das coordenadoras do evento.

O Sun&Fun tem o apoio do Governo do Estado, pelas secretarias de Esporte e Lazer (Seel), Turismo (Setur) e Comunicação (Secom). A segurança e saúde dos participantes da prova são garantidos por equipes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal e uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), além dos plantonistas dos dois hospitais da cidade.

Superação – Douglas Fernandes, 25 anos, é bancário em Belém e costuma trabalhar oito horas por dia, sentado. Há três anos, ele começou a pedalar e se viciou na adrenalina, como forma de relaxar da rotina. Ele participou das duas edições anteriores do Sun&Fun em todas as modalidades, e nesse primeiro dia, só pensava em repetir o feito do ano passado, quando ficou entre os dez primeiros a cruzar a linha de chegada na trilha do mountain bike. "O Governo do Estado faz muito bem em apoiar um evento que ajuda a valorizar a região e traz harmonia, diversão, conhecimento e superação aos atletas", destacou.

Os moradores de Capanema também comemoram a inclusão do município na rota do esporte de aventura. A vendedora Patricia Moraes, 31 anos, participa de um grupo de trilhas em bicicletas, em Capanema, há um ano. Pelo "Parceiros do Pedal", ela costuma sair em passeios noturnos com dezenas de pessoas, mas dessa vez vivia a expectativa de disputar a primeira "competição". O Sun&Fun não traz vencedores, mas cruzar a linha de chegada já é um troféu levantado. "Fiquei maravilhada quando soube que essa prova vinha para cá. Capanema tem trilhas lindas e emocionantes, e com essa chuva, vai ficar ainda melhor", disse a aventureira.

A chuva realmente valorizou a aventura. Foi debaixo de um temporal que os participantes largaram, às 15h. Entre poças de lama, igarapés e alguns animais da região pelo caminho, o percurso acabou sendo uma atração para o primeiro que completou a prova. Três horas e 15 minutos depois da largada, o mineiro João Paulo Mesquita, 32 anos, chegou ao final do III Sun&Fun Advanced. O comerciante tem uma loja em Capanema.

Praticante de mountain bike há dois anos, ele participa pela primeira vez de uma prova no Pará, e já começou com o pedal direito. "Nunca imaginei que minha bicicleta pudesse suportar tanta água. Foi um teste e tanto de resistência essa prova, porque tivemos que carregar as bikes para atravessar os igarapés, mas foi tudo surpreendente e maravilhoso", disse o comerciante. O III Sun&Fun Adventure continua na manhã deste domingo (5) com 103 inscritos na prova de corrida rústica.

Texto: Syanne Neno / Agência Pará 

Foto: Sidney Oliveira / Agência Pará