Campeonato Paraense de Remo vai ser aberto no próximo domingo

A temporada 2017 de remo começa no próximo domingo, dia 26, com a disputa da regata de abertura do Campeonato Paraense de Remo. O torneio é promovido pela Federação Paraense de Remo (Fepar), com apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). A prova contará com a participação de Clube do Remo, Paysandu Sport Club, Tuna Luso Brasileira e Associação de Remo Guajará. A competição vai começar às 7 horas, na baía do Guajará, com largada do Complexo Ver-O-Rio e chegada na Estação das Docas.

Atual campeão paraense, o Paysandu segue como favorito para mais um título estadual. Uma das apostas da guarnição bicolor é Deivison Renato, que destaca no cenário paraense e que, em 2016, foi convocado para a Seleção Brasileira de Remo. O Clube do Remo está em fase de reformulação de seu elenco, após perder alguns atletas nos últimos tempos. Mas sempre tem muita força e tradição e promete surpreender o maior rival este ano.

Arbitragem – Entre as novidades desta temporada está o desmembramento da arbitragem. A Fepar não será mais responsável pela arbitragem do campeonato. Uma diretoria independente de arbitragem será montada para assumir a função.

Outra novidade será o retorno da Tuna Luso Brasileira, que há dois anos não participava do campeonato. Para o diretor técnico da Federação Paraense de Remo, André Mendes, as expectativas são as melhores. Ele espera que a presença de público deste ano seja maior do que a do ano passado: “Esperamos que seja uma boa regata, já que estamos com o apoio da Seel e do Governo do Estado. Ano passado tivemos um público de 800 pessoas, aproximadamente. Para esse ano esperamos um público maior, pois vamos transmitir a regata em um telão que será colocado na Estação, com imagens feitas por um drone” disse André Mendes.

O presidente da Federação Paraense de Remo, Luciel Caxiado, quer levar a modalidade a uma posição de destaque no cenário esportivo paraense, com medidas para atrair um maior público: “Em 2017 queremos alavancar a prática do esporte de remo, queremos entrar nas escolas e academias, trazer mais pessoas para os campeonatos e suprir essa necessidade de esporte na nossa cidade. Para essa edição vamos dar muita visibilidade, vamos colocar outdoors pela cidade e fazer chamadas nas rádios e TVs abertas”, disse Caxiado.