Belém recebe tocha olímpica com show de carimbó no Mangueirão e desfile de Lyoto Machida

A capital paraense vai receber a Tocha Olímpica na próxima quarta-feira, 15, a partir do meio-dia. O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer (Seel), vai promover uma programação especial com show de danças folclóricas do grupo os Baioaras, a partir das 8h30, no Mangueirão. O show vai anteceder a chegada da chama olímpica, que virá em comboio oficial do Aeroporto Internacional de Belém. A primeira tocha olímpica será acesa em cerimônia especial diante do público, imprensa e convidados especiais.

O lutador de MMA Lyoto Machida, ex-campeão do meio-pesado do UFC, será o primeiro condutor da tocha, percorrendo duzentos metros no anel viário externo do Mangueirão. O revezamento vai seguir por 32 quilômetros reunindo 162 condutores entre atletas, esportistas e celebridades da capital paraense.

Belém será a 53ª cidade a receber a tocha olímpica. O maior símbolo vem de Imperatriz, no Maranhão, em voo especial e vai desembarcar na capital paraense as 9h45. Os comboios principal e avançado, que compõem a segurança da tocha, serão alinhados a partir do Mangueirão. O revezamento da tocha vai cruzar a cidade numa estimativa de tempo de sete horas. A celebração será no Portal da Amazônia.

A secretária de Esporte e Lazer, Renilce Nicodemos, convida os moradores de área próxima ao Mangueirão para a festa que dará boas-vindas ao símbolo olímpico. “Estamos trabalhando com o objetivo de fazer uma grande festa”, disse a gestora. Maiores informações sobre o esquema de segurança montado pelo Governo do Estado serão prestadas nesta terça-feira, 14, as 8h30, na sede da Prefeitura de Belém, no Palácio Antônio Lemos. Após a coletiva serão entregues as credenciais da imprensa que vai cobrir o evento na capital paraense.

Emoção – A atleta paraense Daniela Tanaka é uma das condutoras da tocha. Ela vai fazer o percurso na Avenida Portugal, esquina da Praça Dom Pedro II, as 18h10. Para ela, conduzir a tocha será uma honra. “Eu fiquei surpresa e muito feliz com o convite o COB (Comitê Olímpico Brasileiro) para fazer parte do revezamento da tocha olímpica.  Não sei dizer em palavras o que isso significa pra mim como atleta segurar o fogo olímpico, é muito gratificante. Estou me sentindo valorizada, pois é o retorno que todo atleta espera, tanto o olímpico como o amador. O dia 15 de junho com certeza será um marco na minha vida. A expectativa está muito grande, não sei se na hora vou conseguir segurar a emoção. Gratidão e honra sempre”, disse a atleta na manhã desta segunda-feira, 13, ao site da Secretaria de Esporte, que apoia a carreira da atleta.

O lutador Lyoto Machida é uma celebridade do UFC nacional e internacional. Ele é conhecido como "The Dragon" e considerado pelo respeitado web site Sherdog, o quarto melhor lutador de MMA de sua categoria (meio-pesado). Pelo ranking oficial do UFC, Lyoto ocupa a segunda colocação dos médios. Lyoto Carvalho Machida, 38, é casado e pai de dois filhos. O pai dele é japonês e a mãe é brasileira. Machida vem a Belém atendendo convite especial do Governo do Estado.

O revezamento da tocha olímpica em Belém também vai reunir gente menos famosa como o índio Nhaket Kayapó, do município de Novo Progresso; o ex-secretário de Esporte e Lazer, José Ângelo Miranda; e o maestro José Maria Vale da Silva, da Escola de Música Maestro Vale, da cidade de Vigia de Nazaré. “Eu fiquei muito surpreso com o convite do Comitê Olímpico Brasileiro, que identificou nosso trabalho cultural por nossa participação em edital de incentivo cultural, em Brasília. Foi uma honra pra mim e minha cidade”, disse o maestro, que será o 57º condutor e sua passagem será animada pela banda que ele rege e que tem a participação de 250 alunos.

A Secretaria de Esporte e Lazer (Seel) segue com preparativos finais para receber a tocha olímpica. Serviços de limpeza, capinação e pintura do estádio estão sendo finalizados. A secretária Renilce Nicodemos parabeniza todos os condutores e deseja sucesso durante a programação. Ela também pede aos moradores de Belém que colaborem com a polícia, com agentes de trânsito e com todos aqueles que estarão envolvidos direta e indiretamente na organização da passagem da tocha olímpica em Belém. “Estamos vivendo uma experiência única em nossa cidade, a de receber o símbolo máximo das olimpíadas e vamos aproveitar para festejar”, disse ela, na manhã desta segunda-feira, 13.   

O revezamento da tocha olímpica é organizado pelo Comitê Rio 2016 com apoio oficial da Prefeitura de Belém. O Governo do Estado participa diretamente com força-tarefa envolvendo representantes da Segurança Pública (Segup), Esporte e Lazer (Seel), Departamento de Trânsito (Detran), Corpo de Bombeiros,  Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Estadual, além do Exército Brasileiro. A força-tarefa também reúne Semob, Guarda Municipal e Secretaria de Juventude Esporte e Lazer (Sejel).