Atletas com deficiência dão 22 medalhas ao Pará no Circuito Caixa Norte/ Nordeste

A delegação de nove paratletas e mais o técnico do Clube dos Deficientes Físicos do Pará (All Star Rodas) conquistou 22 medalhas para o Pará durante o Circuito Loterias Caixa de Atletismo, Halterofilismo e Natação - Regional Norte/Nordeste, realizado no período de 4 e 6 de março, em Recife (PE). A competição reuniu mais de 500 atletas com deficiência das regiões Norte e Nordeste do País, totalizando 42 entidades. O resultado da equipe paraense trouxe a disputada vaga no evento teste das Paraolimpíadas no Rio de Janeiro. 

O clube All Star Rodas tem o apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), que liberou as passagens da delegação para a capital pernambucana, além de dispor da pista de atletismo do Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão) para o treinamento dos atletas, sempre das 8h às 11h.

“A Seel parabeniza a equipe de paratletas paraenses que representam a força do nosso esporte e levam nosso nome para o mundo com suas premiações”, disse a titular da Seel, Renilce Nicodemos. A secretária destacou, ainda, que o resultado já era esperado, já que a equipe é extremamente competente e focada em treinos contínuos.

A delegação paraense conquistou oito medalhas de ouro, sete de prata e sete de bronze, além do troféu de melhor clube nas provas de pista para cadeirantes. Foram disputadas as provas de 100, 200, 400, 800, 1.500, 5.000 metros, além de arremesso de peso e lançamento de dardo e disco.

O estreante em competições oficiais, Davi Pontes, 23, ganhou a medalha de ouro na prova dos 400 metros e prata nos 200 metros - classe T 54. “Foi a minha primeira competição oficial, estava ansioso, mas acreditei que conseguiria este resultado”, disse o jovem. O trio masculino nas provas de pista contou ainda com Rildo Saldanha e Carlos Souza.

Entre as mulheres, a medalhista de ouro dos 1.500 metros e de bronze nos 200 e 800 metros - classe T 54, Débora Costa, ficou satisfeita com as conquistas. “Já vinha me preparando há muito tempo, e fico feliz em sair da competição com a vaga para o evento teste no Rio de Janeiro”, disse a moça. O time feminino do All Star Rodas tem ainda Perla Assunção, Helena Serrão, Andreza Arruda, Lucileia Costa, Vileide Brito e Lia Soares.

O técnico Wilson Caju agradeceu à Seel, ao Banco da Amazônia e a todos os familiares dos atletas pelo apoio indispensável para esta conquista. “É com muito orgulho que trazemos essas medalhas para o Pará. É um momento de celebrar por este cenário esportivo e social. Nós vamos continuar correndo atrás de nossos objetivos e multiplicando o amor pelas pessoas com deficiência”, afirmou.

Medalhistas 
Rildo Saldanha - Ouro nas provas 5.000m; 800m e 1.500m - classe T 54
David Pontes - Ouro nos 400m; prata nos 200m - classe T 54
Carlos Souza - Prata nos 200m; bronze nos 100m e top metros - classe T 53
Perla Assunção - Ouro nos 100 e 200m; Prata nos 400m - classe T 54
Vileide Brito - Ouro nos 5000m; Prata nos 800m e 1500m - classe T 54
Debora Costa - Ouro 1500m; bronze 200m e 800m - classe T 54
Helena Ferrão - Prata nos 100m e 5000m; bronze nos 1500m - classe T 54
Cléia Costa - Bronze 100m - classe T 54
Andreza Arruda - Bronze 400m – classe T 54

(Com informações de Selma Amaral - Ascom/Seel)

Thays Del Rosario
Secretaria de Estado de Comunicação