Atleta do Jiu-Jítsu do Pará sonha com carreira internacional

O atleta do jiu-jítsu paraense Max Danrley Ferreira da Silva, 30, quer ganhar o mundo. Títulos não lhe faltam. Em 10 anos de careira, Max coleciona medalhas de competições do Brasil e do exterior. As mais atuais são do Rio Summer Open Internacional, quando foi campeão na categoria pena, e do BJJ Pro Internacional, realizado no último dia 14 de julho, em Barueri, São Paulo. Max Danrley é atleta do Programa Bolsa Talento da Secretaria de Esporte e Lazer (Seel), onde ele esteve na manhã desta terça-feira, 2, para agradecer o apoio que vem garantindo a ele uma carreira sólida. “Quero viver do jiu-jítsu e creio que estou no caminho certo com apoio da Seel”, disse.

O atleta também contou que já recebeu convites para trabalhar em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, e em Londres, capital da Inglaterra, como treinador da modalidade. “Tenho amigos que me convidaram, mas ainda estou esperando minha nova graduação como faixa preta para seguir com esse novo sonho”, disse o jovem, que divide o tempo com treinamentos em duas academias: Belém (B.F.T.), e em São Paulo (Cícero Costa).

O próximo evento de Max Danrley será em Lisboa, capital portuguesa, em janeiro de 2017. Enquanto isso, o jovem paraense segue com competições em São Paulo, cidade que ele escolheu também para morar devido à proximidade dos locais de treinamentos e competições. “EM São Paulo é bom porque temos muitos eventos esportivos e dá pra gente sobreviver com recursos próprios das lutas, mas o apoio da Seel é muito importante para eu seguir e continuar sonhando com uma carreira internacional”, disse.

Títulos

Campeão do São Paulo BJJ Pro Internacional – categoria pena;

Campeão do Rio Summer Open Internacional;

Campeão do Sul-Americano;

Terceiro lugar no Campeonato Brasileiro – categoria absoluta;