Atleta campeã de vôlei de praia tem apoio da Seel para a Rio 2016

Na tarde de quarta-feira (20), a titular da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), Renilce Nicodemos, recebeu a visita do presidente da Federação Paraense de Vôlei, Rui Castro, e da atleta de vôlei de praia Larissa França, que foi campeã mundial, no Desafio Brasil x EUA 2009 e 2015, heptacampeã do Circuito BB e Circuito Mundial, bicampeã pan-americana, medalha de bronze nas Olimpíadas de Londres e três vezes Rainha de Praia.

A Seel fechou parceria com a atleta para ela representar o Pará nas Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro, oferecendo estrutura de treinamento e dando suporte de representatividade para o estado do Pará. A dupla de Larissa é formada com Talita Rocha, sendo que a equipe possui onze integrantes, a qual Larissa costuma chamar de time.

Os Jogos Olímpicos de 2016 será um evento multiesportivo realizado no Rio de Janeiro (RJ) e ocorrerá de 5 e 21 de agosto de 2016. Será a primeira vez que os Jogos serão sediados na América do Sul e a segunda na América Latina. O local de abertura e encerramento da competição será no estádio do Maracanã, e serão disputadas 28 modalidades.

Vale lembrar que o Pará foi escolhido como um dos Estados sede dos Centros de Treinamento, com três instalações aqui localizadas, sendo eles o Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão), o Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (Ciaba) e o Complexo Aquático Estadual da Universidade do Estado do Pará (Uepa).

A motivação é grande. “Estou muito motivada. Embora o período seja difícil para conseguir patrocínio, sei que pessoas ainda veem o esporte como potência para o ser humano. O esporte forma não só atletas, mas também cidadãos, dando disciplina, e autocontrole, de passar por situações difíceis, dando possibilidade de pessoas se tornarem capazes de se superar. Eu me sinto muito feliz de nesse momento formar uma parceria com o governo do Pará, por meio da Seel.”, disse Larissa.

“Ser apoiados, pra nós atletas, é muito difícil. Essa será uma forma de mostrar que no Pará temos atletas de potencial nas Olimpíadas. O governo daqui está de parabéns pela iniciativa, mostrando a valorização do esporte, pois em outros locais, pouco se faz pelos atletas. O Pará está no caminho certo, e, ajudando a minha equipe, é como se ajudasse a todos os atletas paraenses. Espero representar com muito orgulho o nosso Estado”, completou a atleta.

 

Texto: Alexandra Raulino - Ascom/ Seel

Fotos: Nilde Gomes - Ascom/ Seel

Tags: