Início >> Noticia >> Gramado do Mangueirão está pronto para clássico Re x Pa desta quarta-feira, 20, pela Copa Verde
  • Increase
  • Decrease

Current Size: 100%

Gramado do Mangueirão está pronto para clássico Re x Pa desta quarta-feira, 20, pela Copa Verde

Versão para impressãoVersão em PDF
O gramado do Estádio Olímpico do Pará - Mangueirão está pronto para o clássico Remo e Paysandu, valendo pela Copa Verde, nesta quarta-feira, 20, às 19h30. O gramado passou por um processo de recuperação desde a última sexta-feira, 15. Cinco homens com o apoio da nova máquina de corte e a orientação do engenheiro agrônomo Raimundo Mesquita, fizeram o serviço, que foi completado com adubação em NPK (nitrogênio, fósforo e potássio) e novo corte, deixando a grama na altura de dois centímetros para o jogo.

“Esse trabalho é necessário para enfrentar o período de chuva que temos nessa época do ano”, disse Mesquita. Os próximos serviços são de pintura do gramado e a colocação das redes nas traves, que serão feitos nesta quarta-feira, dia da partida.

 

O objetivo da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), gestora do Mangueirão, é deixar o estádio em plenas condições de receber os dois jogos das semifinais da Copa Verde. O primeiro será nesta quarta-feira, 20, e o segundo no sábado, dia 23, às 18h30. As duas partidas devem atrair um público acima de 20 mil torcedores. Os ingressos para a partida desta quarta-feira estão à venda ao preço de R$ 40,00 a arquibancada e R$ 70,00 a cadeira.

Além do gramado, a Seel também está preparando junto com os órgãos de segurança, de trânsito e saúde, o esquema especial para atender os torcedores.  Mesquita, ex-jogador de Remo e Paysandu, falou sobre a expectativa para o clássico no novo gramado. “A expectativa é a melhor possível, o gramado está em perfeitas condições de jogo e tenho certeza que não haverá nenhum problema. Quem errar passe pode pedir para sair (risos)”, brincou o engenheiro e ex-jogador de futebol profissional.

 

O gramado do Mangueirão é Tifton 419, da espécie bermuda, considerado padrão por especialistas da área esportiva. O local passou a ter um novo corte, chamado helicoidal, o que cobre com mais precisão as áreas do gramado. O trabalho de recuperação já havia passado antes por dois cortes e faz parte dos preparativos do estádio para demanda de jogos da temporada 2016. Os colaboradores da Seel Francisco Suarez, Cosmo, Pedro dos Santos, Ronaldo e Valter, além do agrônomo responsável, Raimundo Mesquita, trabalharam firme na última semana para manter o local em condições plena de jogo.

Tags: Mangueirão