Velocistas brasileiras prometem festa no GP de Atletismo

As velocistas brasileiras prometem uma grande festa no "Brazilian Athletics Tour-2013", que será aberto no próximo domingo, 12, com a disputa do Grande Prêmio Brasil Caixa/Governo do Pará de Atletismo, no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão. Ana Cláudia Lemos, Franciela Krasucki e Rosângela Santos estão em boa forma, obtendo resultados expressivos recentes.

A principal adversária das brasileiras na prova dos 100 metros deve ser a norte-americana LaShauntea Moore, que, em 2010, em Maringá (PR), se tornou a primeira atleta a completar a prova em menos de 11 segundos em um país da América do Sul. Ela venceu os 100 m, na oportunidade, com 10.97 (1.2).

Entre as brasileiras, Ana Cláudia mostrou estar muito bem. Neste sábado 4, ela quebrou o recorde sul-americano dos 100 m, com a marca de 11.13 (-0.2), em Campinas (SP). Ela já havia conseguido bons resultados no Chile e no Brasil, como os 10.93 (2.2) nas semifinais do Torneio FPA Adulto, marca registrada com o vento superior a 2.0 m/s, que não pode ser validada. Com o resultado, a velocista da BM&FBovespa obteve qualificação para o Mundial de Moscou, em agosto (11.17).

A paulista Franciela Krasucki, que completou 25 anos no dia 26 de abril, também assegurou índice para o Mundial. Ela venceu os 100m no dia 6 de abril, no Ibirapuera, com 11.15 (0.3), igualando o recorde sul-americano anterior da cearense Ana Cláudia Lemos. "Fiquei muito feliz e estou confiante. Espero fazer boas provas nos GPs", comentou a atleta do Pinheiros. "O índice me deu maior tranquilidade para treinar para o Troféu Brasil, quando as atletas do Mundial serão definidas", completou.

Já Rosângela, campeã pan-americana dos 100m, em Guadalajara, terminou 2012 como líder do Ranking Sul-Americano da prova, com 11.17, tempo obtido nas semifinais da Olimpíada de Londres. Nascida em Washington, nos EUA, a atleta da Brasil Foods/ILF (RJ), de 22 anos, tem muitas conquistas na carreira. Entre elas, a medalha de prata nos 100m do Campeonato Mundial de Menores de Ostrava, na República Theca, em 2007.

Atletas internacionais

Um dos personagens mais conhecidos do "Brazilian Athletics Tour-2012" - tanto fora como dentro das pistas - estará de volta aos Meetings Internacionais do País. O trinitino Emmanuel Callender também tem participação assegurada já nos 100m do Grande Prêmio Brasil Caixa/Governo do Pará de Atletismo-2013.

Hiperativo, o atleta que completa 29 anos na próxima sexta-feira 19, deu um show nas pistas ao vencer quarto dos cinco GPs do ano passado - só não foi ao pódio no GP Caixa/São Paulo por ter queimado a largada, no Ibirapuera. Venceu em Fortaleza, Belém, Uberlândia e Rio de Janeiro. Chamou muito a atenção também por andar, viajar, treinar e comer ouvindo música - e, muitas vezes, dançando no aquecimento, filas do elevador e até nas poltronas de avião.

Callender tem como melhores marcas pessoais 10.05 nos 100m, obtida em Zurique, em 2009; e 20.54 nos 200m, alcançada em Belém, também em 2009.

O campeão do GP Brasil/Caixa do ano passado terá dois compatriotas como adversários na prova mais rápida do Atletismo: Marc Burns (20º no Ranking da IAAF de 2012) e Rondel Sorrilo (26º), além de Antoine Adams, de São Cristóvão e Neves, e dos brasileiros Aldemir Gomes, Bruno Lins, Nílson André e Sandro Viana.

A prova masculina dos 100m está marcada para as 10 horas de domingo, no Mangueirão. A programação será aberta às 8h25, com o lançamento do martelo. O Meeting, que é realizado desde 1985 e em 1990 passou a fazer parte do IAAF World Challenge, terá no total 15 provas, sendo oito masculinas e sete femininas.

Liandro Brito - Ascom/Seel