Troféu Meio de Campo celebra os melhores do Parazão 2015 e homenageia Seel

Noite de confraternização e reconhecimento do futebol paraense. Assim foi a festa do Troféu Meio de Campo, celebrada na segunda-feira (4), no Teatro Gasômetro, no Parque da Residência, em Belém. Os apresentadores Raul Bentes e Trisha Guimarães comandaram o evento que foi embalado pela cantora Gigi Furtado e sua banda.

A TV Cultura fez a cobertura com flashes ao vivo e apresentação da jornalista Mariana Tupiassu, mas a festa foi transmitida na integra pelo Portal Cultura. Essa é a terceira edição do troféu, que tem duas categorias: a votação para o júri técnico e a esolha popular.

Logo no início, foi exibida uma matéria da jornalista Syanne Neno para deixar todos com saudade. A presidente da Cultura Rede de Comunicação, Adelaide Oliveira, em seu discurso de abertura, agradeceu a todos pela parceria: Banpará, Prodepea, Federação Paraense de Futebol (FPF) e as secretarias ligadas diretamente ao Parazão, entre elas, Secretaria de Esporte e Lazer (SEEL), Secretaria de Finanças (SEFA) e a Secretaria de Comunicação Social (SECOM). “A transmissão do Parazão é imensa e envolve uma grande quantidade de profissionais. Para se ter uma ideia, em um RE-PA trabalham cerca de 100 profissionais para que tudo dê certo”, disse agradecendo também ao Propaz pela parceria e por incentivar a cultura de paz nos estádios.

Discursaram também a Secretária de Esporte e Lazer, Renilce Nicodemos, representando o governador Simão Jatene (foto acima) e o presidente do Clube do Remo, Pedro Minowa, que falou sobre a trajetória do time a felicidade de conquistar o título e quem sabe conquistar outro título em breve, já que na próxima semana será realizada a final da Copa Verde. “É uma felicidade sem tamanho e eu digo que, agora, posso partir dessa terra felicíssimo. E com todo respeito aos outros times, mas o Remo é uma nação”, pontuou com bom humor.

O homenageado da noite foi o jogador Mesquita, autor de 132 gols e que não joga desde 1987 (foto abaixo). A matéria produzida em homenagem a ele teve comentários do jornalista Gerson Nogueira, que descreveu o atleta como “um dos melhores artilheiros do nosso futebol”. Ao receber o prêmio, Mesquita falou “é uma honra muito grande ser lembrado, mesmo porque estou há muito tempo longe dos gramados. Meu coração está a mil”, ressaltou emocionado.

A noite contou com os seguintes premiados:
– Clube do Remo, Campeão Paraense de 2015
– Homenageado da noite: Mesquita
– Rafael Paty (Clube do Remo), artilheiro da competição
– Cláudio Oliveira, melhor árbitro
– Lecheva (Independente), melhor técnico
– Alencar Baú (Independente), melhor goleiro
– Bruno Veiga (Paysadu), jogador revelação
– Yago Pikachu (Paysandu) foi o craque do Campeonato

Ao final da cerimônia, a jornalista Betty Dopazo recitou um poema, escrito pelo Guaracy Jr, homenageando a presidente da Cultura Rede de Comunicação, Adelaide Oliveira. Emocionada com a surpresa, Adelaide agadeceu. "Eu sempre leio e aprovo o roteiro, mas dessa vez ninguém me mostou nada. Estou além de supresa, muito feliz, porque é um prazer imenso trabalhar nessa emissora. E podem ter certeza que eu sou muito mais aprendiz".

A diretora do programa "Meio de Campo", Anna Peres disse que esse ano foi muito mais tranquilo fazer o programa, comparado ao ano passado. "Tive a sorte de trabalhar com pessoas muito talentosas e isso facilita o trabalho. Fazer um programa é sempre muito complicado, porque não importa as dificuldades, o que vai ao ar deve ser perfeito. E esse ano fiquei muito satisfeita com o resultado".

A diretora da transmissão, Paloma Andrade Lima, disse que o maior desafio esse ano foi transmitir partidas em lugares tão distantes, em um curto espaço de tempo. "O Pará é um estado muito grande, então, é uma correria transmitir uma partida daqui de Belém e outra de Tucuruí, por exemplo. Mas o que me deixa feliz é que no final deu tudo certo, graças a Deus".

 

Texto: Márcia Carvalho - Ascom/ Portal Cultura

Fotos: Camila Lima - Portal Cultura