Seel leva a prática do Manbol para a praia do Atalaia, em Salinas

 

Mais de 200 pessoas puderam praticar, na praia do Atalaia, no município de Salinópolis, nordeste do Pará, o Manbol, esporte criado no Pará e que aos poucos vem ganhando vários adeptos. Em dois dias de atividades, no terceiro fim de semana das férias escolares, os veranistas puderam aproveitar a arena montada pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), em parceria com a Confederação Brasileira de Manbol.

“O jogo é legal e interessante. Saímos do sedentarismo. É preciso ter muita agilidade para jogar”, disse Marcelo Souza, que estava na praia. Para Rui Hildebrando, da confederação, houve uma participação expressiva nas aulas. “A parceira com a Seel foi uma boa oportunidade de mostrar o esporte, e tivemos grande aceitação”, afirmou. As aulas de Manbol são gratuitas, e a programação continua no próximo fim de semana, dias 27 e 28, desta vez na praia do Tucunaré, em Marabá, sudeste do Estado.

“Quem joga pela primeira vez, não para mais. Várias pessoas que iam pela manhã voltavam à tarde para jogar novamente. O Manbol é viciante. Em poucos minutos, você aprende a regra”, disse Rui. Duas arenas serão montadas em Marabá e funcionarão das 9 às 16 horas. “Precisávamos ter o apoio de uma secretaria que se preocupa com a inclusão de esporte e lazer nas praias. A Seel está levando a prática saudável às praias”, ressaltou.

Para o titular da Seel, Vitor Miranda, o Manbol é inovador. “É um esporte original com, regras específicas, uma alternativa mais de lazer. Esperamos criar um hábito esportivo novo para os paraenses”, finalizou.

Liandro Brito - Ascom/Seel