Seel homenageia idosas em mais uma edição do Baile das Flores

 

  Veja o vídeo, clique aqui!

A noite desta quinta-feira, 23, foi de festa para 87 idosas atendidas pelo Programa Vida Ativa, da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), que tiveram a oportunidade de debutar pela primeira vez, em meio a uma festa preparada especialmente para elas no salão social da Assembleia Paraense. O tradicional Baile das Flores, do qual participam mulheres acima de 60 anos, reuniu familiares, profissionais que atuam no programa e convidados. Ao som de “Oh pretty woman”, trilha do filme 'Uma linda mulher' gravada por Roy Orbinson, as idosas desfilaram em trajes de festa e cumpriram todo o ritual de um legítimo baile de debutantes, com direito à valsa na companhia de 50 cadetes do Centro de Informações Almirante Brás de Aguiar – CIABA.

O baile foi animado pela Banda Orlando Pereira, que apresentou um repertório especial em homenagem às mulheres. “Este baile é uma satisfação muito grande para todas nós, que na juventude não tivemos a oportunidade de ter uma festa como essa”, disse Nadir Ferreira de Sousa, a mais idosa das debutantes, com 83 anos. Ela aproveitou o Baile ao lado dos filhos, genros e netos. “Isso é saúde, é viver bem. Pra mim é uma satisfação fazer parte do programa. Gosto de acordar cedo para participar das atividades junto com as outras alunas”, disse ela, que é atendida no polo da Tuna e há dez anos pratica vôlei, ginastica, hidroginástica e dança. “Me sinto jovem”, ressalta.

"Nossa missão é fazer com que elas se sintam felizes e realizadas, por isso nos esmeramos em preparar tudo com o maior carinho. Não é a toa que o Baile das Flores já passou a fazer parte do calendário oficial de eventos da Seel e do Governo do Pará. Não só promovemos a prática esportiva como meio de inclusão desses idosos, como também proporcionamos o lazer, de um modo geral, visando justamente a satisfação e longevidade dos nossos idosos", ressaltou o titular da Seel, Marcos Eiró.

O programa Vida Ativa oferece práticas esportivas e de recreação em quatro polos de Belém.

Liandro Brito - Ascom/Seel