Seel firma parcerias para a realização dos IV Jogos Tradicionais Indígenas

Com nova estrutura e renovado, o Governo do Pará realiza mais uma edição dos Jogos Tradicionais Indígenas. Neste sábado (16), a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) faz o lançamento oficial dos Jogos, às 19 horas, na praça central de Marudá, distrito de Marapanim, nordeste do Estado. A entrada é gratuita.

O evento conta com apoio de divulgação e promoção da Secretaria de Estado do Turismo do Pará (Setur) e Companhia Paraense de Turismo (Paratur), que entendem os Jogos como um importante produto na atração de turistas e incremento do fluxo de pessoas na região Amazônia Atlântica do estado. Também é parceira da Seel a Empresa de Processamento de Dados do Estado do Pará (Prodepa).

Na semana passada, os dirigentes da Paratur e Setur estiveram reunidos com a titular da Seel, Renilce Nicodemos Lobo, para acertar as últimas providências para os Jogos. “Nosso objetivo, Setur e Paratur, é contribuir com a divulgação e promoção dos Jogos sob a ótica do turismo, somando o evento a outras ações que já vêm sendo realizadas neste polo turístico”, explica o secretário de Estado de Turismo, Adenauer Góes.

A quarta edição dos Jogos Tradicionais Indígenas ocorrerá na praia de Marudá, distrito do município de Marapanim, no período de 4 a 10 de setembro deste ano. O evento é uma parceria da Seel com o Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena e tem patrocínio da Celpa e da Caixa Econômica Federal.

Estrutura - Para atender e receber os cerca de 500 indígenas de 13 etnias do Pará e mais duas convidadas dos estados da Bahia e Tocantins, uma grande estrutura está sendo construída e montada em Marudá, desde o fim do mês de junho deste ano. As obras se intensificaram em julho e continuam aceleradas, para que tudo esteja pronto no fim de agosto. As etnias participantes são Aikewara, Arawete, Assurini do Tocantins, Assurini do Xingu, Gavião Kykatejê, Gavião Parkatejê, Guarani, Kayapó, Munduruku, Parakanã, Tembé, Xikrin e Wai Wai. As etnias convidadas são os Pataxó, do Estado da Bahia, e os Xerente, do Tocantins.

A estrutura para receber os indígenas é composta de 16 ocas para os atletas ficarem hospedados, a arena para a disputa das modalidades com arquibancada e outros. “Começamos a preparação do evento há quatro meses, pois temos ciência da sua dimensão e importância no estado”, explicou a secretária Renilce.

As modalidade que serão disputadas são o Akô (masculino), Arco e flecha (masculino), Arremesso de lança (masculino), Atletismo 100 metros (masculino e feminino), Cabo de guerra (masculino e feminino), Canoagem, Demonstração de corrida de tora (masculino e feminino), Futebol (masculino e feminino), Kaipy (masculino), Lutas corporais (masculino e feminino), Natação (masculino e feminino) e Rõnkran (masculino).

O presidente da Paratur, Marcelo Mendes, falou da grandiosidade do evento. “Os Jogos Tradicionais Indígenas possuem uma enorme infraestrutura e requerem um cuidado muito grande com a questão logística, transporte, hospedagem e alimentação”, conclui.

Parcerias - A Prodepa é mais uma parceira da Seel na realização dos Jogos. A empresa levará o sinal de Internet de 20 MB, nos oito dias do evento, à arena e à área de convivência que estão sendo construídas. Além disso, a empresa vai arcar com o aluguel de equipamentos e os técnicos que irão trabalhar durante a realização do evento.

Outra importante parceria foi feita com as faculdades Estácio/FAP e Ipiranga. Por meio delas, quinze alunos dos cursos de Turismo e Comunicação Social vão poder trabalhar como attachés, isto é, como os intermediários entre os indígenas e a equipe de produção dos Jogos. Os estudantes devem ser dirigir às secretárias de seus cursos para maiores informações.

A programação no sábado, dia do lançamento oficial dos Jogos, começa às 19 horas, com o show de carimbó do grupo Beija Flor, seguida de show com o cantor Thiago Costa, se encerrando com show pirotécnico. O lançamento terá a presença de autoridades estaduais e municipais, além dos irmãos Marcos e Carlos Terena, representantes do Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena, parceiro da Seel na realização do evento.

Credenciamento - Os profissionais de imprensa, seja de texto, fotografia ou televisão e que desejem participar da cobertura jornalística dos Jogos, deverão fazer o credenciamento por meio do hot site dos Jogos, que será lançado também no sábado, dia 16. Estudantes também podem se credenciar, mas precisarão de um encaminhamento de suas faculdades. Todos que participarem da cobertura devem estar cientes de que as regras de convivência com os indígenas são estabelecidas pela Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e o Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena, e que são estritamente respeitadas pela organização do evento.

Serviço:

Lançamento oficial dos IV Jogos Tradicionais Indígenas do Pará, promoção do Governo do Estado, por meio da Seel, no sábado, dia 16, às 19 horas, na praça de Marudá, nordeste do Estado. Entrada gratuita.

Dedé Mesquita - Ascom/ SEEL