Seel faz reunião para discutir reformas e melhorias no Mangueirão

 

Reunião ocorrida na última sexta-feira (20) acertou os primeiros detalhes de reformas e melhorias estruturais a serem feitas no Estádio Olímpico do Pará. Participaram do encontro integrantes da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), Ministério Público do Estado, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, além do arquiteto Alcyr Meira, responsável pelo projeto arquitetônico do Mangueirão.

Na reunião, o promotor de Justiça Domingos Sávio Campos debateu com os representantes dos órgãos públicos sobre a necessidade das reformas estruturais mais urgentes, como o acesso de entrada do público, vomitórios – como são chamados os acessos do público às arquibancadas –, banheiros, rampas e comportamento das torcidas organizadas.

Ficou estabelecido que a entrada do público ao estádio é prioridade, assim como são a adequação das bilheterias, a instalação das novas catracas eletrônicas – que já estão compradas e guardadas no estádio –, e a recuperação das valetas externas ao Mangueirão.

As reformas serão feitas em parceria entre Seel, Sedop, Corpo de Bombeiros e o escritório do arquiteto Alcyr Meira. Uma nova reunião será marcada para definir as próximas ações que vão dar início às reformas. “Conseguimos estabelecer de que maneira se podem agregar esforços para que possamos resolver as dificuldades no estádio. São várias as origens desses problemas, o que exige uma grande equipe”, disse o arquiteto (foto abaixo).

A titular da Seel, Renilce Nicodemos, enfatizou que é necessário priorizar as ações. Ela destacou o empenho de todos em defender o interesse público, ajudando a melhorar o estádio para o público. “Estou muito feliz com a estrutura atual do Mangueirão, que não está sob nenhum risco, segundo análises feitas anteriormente”, lembrou a secretária.

 

Texto e fotos: Ascom/ Seel