Pro Paz celebra o ano de 2012 com grande festa no Mangueirão

O Programa Pro Paz, realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria Especial de Promoção Social, celebrou na manhã desta sexta-feira, 21, o encerramento das atividades de 2012. O evento aconteceu no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, e reuniu crianças, familiares, monitores e coordenadores dos cinco polos do Pro Paz nos Bairros (Mangueirão, Sacramenta, UFPA, Ufra e Iesp) e da Unidade Intensiva do Pro Paz (UIPP), que funciona no bairro da Terra Firme. A grande festa promoveu distribuição de 1.500 cestas básicas e 2.500 brinquedos e foi animada pela banda de tecnomelody ARK, que colocou todos para dançar.

Izabela Jatene, coordenadora do Programa, esteve no evento e celebrou as realizações de 2012. Em seu pronunciamento, agradeceu ao governador Simão Jatene e aos parceiros e amigos do Pro Paz que, segundo Izabela, são fundamentais para a existência e manutenção do programa. “Este foi um ano de ampliação do programa. Conseguimos disseminar para mais pessoas a cultura de paz para o Estado. Esta festa é uma retribuição para as crianças e famílias que acreditaram no Programa. Nossa meta até o final da gestão de Simão Jatene é alcançar as 12 Unidades Regionais do Pará”, afimou Izabela.

Maria Domingas, 27 anos, e sua filha Ana Camila, 12, aluna do polo Mangueirão, estavam contentes com a comemoração. Maria afirma que a ida de Ana para o Pro Paz no contraturno escolar mudou o comportamento e as expectativas da adolescente. “Eu acho muito bom o incentivo que dão às crianças aqui no Pro Paz. Minha filha passava a tarde em casa sem fazer nada. Agora ela estuda, faz atividades físicas e conhece muita gente do bem. Seu comportamento e suas notas na escola melhoraram depois que ela começou a frequentar o programa”, comemora Maria. Ana Camila também tem motivos para comemorar. “Aqui eu faço esporte, fiz novas amizades, conheci gente legal. É bom porque eu aprendo coisas novas, se eu ficasse em casa ia ficar vendo televisão”, compara a garota.

Em 2013, o Pro Paz irá ampliar a sua área de atuação e por consequência atender um número maior de pessoas. Segundo Heitor Pinheiro, presidente do Instituto de Artes do Pará (IAP), um dos principais parceiros do Pro Paz, a expectativa é aumentar a capacidade do programa em quase 80%, criando mais quatro polos nos bairros e ampliando as ações para o interior. “Já estamos conversando com algumas prefeituras do interior, como Santarém e Bragança, e novos polos começarão a funcionar nos bairros do Barreiro e Jurunas, além do Distrito e Icoaraci e município de Ananindeua. O Pro Paz proporciona um espaço de desenvolvimento de habilidades, de disseminação da cultura de paz e de estímulo aos cidadãos paraenses”, destacou Heitor.

O orgulho de participar do projeto estava no rosto de Simone Lopes, coordenadora da UIPP do Pro Paz. Simone explica que nesta unidade são atendidas 600 pessoas por dia, além das 200 que fazem parte do quadro fixo, que oferece cursos profissionalizantes e de inclusão digital. A coordenadora estava feliz com o balanço do ano de 2012.

“O sorriso das crianças, a mudança de comportamento, a oportunidade que damos a estes jovens, é muito boa. Eu tenho orgulho de fazer parte deste projeto e acredito que ano que vem iremos nos aproximar mais ainda da comunidade da Terra Firme, chegando a mais pessoas e promovendo ainda mais a cultura de paz do programa”.

Secom