Paraenses formam a sexta maior delegação nas Paralimpíadas Escolares

Oitenta estudantes de escolas públicas e particulares representam o estado do Pará nas Paralimpíadas Escolares. O evento foi aberto na noite desta terça-feira (16), no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo (SP). A competição é considerada a maior do mundo esportivo para jovens com deficiêcia, de idade entre 12 e 19 anos, e reúne, até a próxima sexta-feira (19), mais de duas mil pessoas, entre atletas e comissão técnica, de 24 estados e do Distrito Federal.

“Sinto muito orgulho de representar o Pará. Vou fazer o máximo, o melhor de mim. Quero que todos se encantem com a bocha e que, quando voltarmos para casa, todos sintam orgulho do que estamos fazendo aqui”, disse o estudante José Eliandro, que integra a equipe de Bocha e participou do desfile das delegações estaduais durante a abertura dos jogos, acompahado de outros cinco atletas paraenses.

Inspiração dos novos atletas, Alan Fonteles participou do desflle da delegação estadual e afirmou que o Pará vive um momento de crescimento no esporte Paralímpico, com a expectativa de ter mais atletas de alto rendimento. “Comecei ainda quando era estudante, assim como eles. Acredito que o nosso estado tem muito a crescer nos esportes paralímpicos, com a construção de um centro de treinamento estadual para atletas com deficiêcia que está previsto para o ano que vem em Belém. Temos uma nova geração de atletas que tem muito potencial e fico feliz de saber que hoje sou um exemplo para eles”, afirmou o atleta.

As conquistas de Fonteles foram destacadas pelo presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), Andrew Parsons. “O Alan é a prova viva de que vocês podem alcançar tudo o que vocês quiserem da vida. Ele foi descoberto nas Paralimpíadas Escolares e deixa claro que, não somente no esporte, vocês podem ser o que quiserem”, enfatizou Parsons, acrescentando que, em 2013, será iniciada a construção de um centro nacional de treinamento para 14 modalidades paralímpicas, sediado em São Paulo.

Coordenada pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), a delegação paraense é integrada por estudantes de Abaetetuba, Barcarena, Belém, Castanhal, Marabá e Ulianópolis. No ano passado, a equipe paraense conquistou a sexta colocação geral. Este ano, além das competições em que já é destaque, como Atletismo, Natação, Goaball, Tênis de Mesa, Vôlei Sentado e Judô, o estado vai estrear na modalidade de Bocha.

De acordo com a chefe da delegação da Seduc, professora Conceição Felgueiras, o crescimento da participação da delegação do Estado do Pará em números de atletas e em posições no quadro de medalhas têm destacado o estado no cenário nacional. “Temos acumulado conquistas importantes, como ocorreu no ano passado, em que ficamos em sexto lugar. Nossos técnicos estão se esforçando bastante e participam de formações que visam, cada vez mais, elevar o seu nível de profissionalização, o que possibilitou, inclusive, a participação da equipe de Bocha”, avalia Felgueiras.