Paraense ganha medalha de prata no Brasileiro de Jiu Jitsu

O paraense Jessé Tavares, 18 anos, foi o vice-campeão do Campeonato Brasileiro de Jiu Jitsu na categoria leve (72 a 76 kg). A competição, realizada no Ginásio Ibirapuera (SP), entre os dias 28 e 30 de junho, serviu para colocar em prática todos os meses de treinamento do atleta que pratica artes marciais desde os 14 anos de idade.

“Pratiquei vários esportes, como boxe e judô, mas foi no Jiu Jitsu que me encontrei. Gostaria de agradecer primeiramente a Deus e depois à Seel pela ajuda. Sem esse apoio, nada disso seria possível”, disse ao encontrar o secretário de Estado de Esporte e Lazer (Seel), Vitor Miranda.

“Apoiar e incentivar os atletas do nosso Estado é uma das prioridades da secretaria e o Jessé é um exemplo de atleta que supera qualquer dificuldade para conseguir vencer, não apenas no esporte, mas na vida. Servindo de espelho para muitos outros jovens”, completou o secretário.

Para João Benedito da Silva Lobo, de 53 anos, pai de Jessé, o filho é um motivo de orgulho para a família. “Ele (Jessé) é um garoto especial, nasceu com apenas sete meses e vem vencendo todos os obstáculos da vida. Graças à Seel conseguimos levá-lo pela primeira vez a uma competição fora do Estado e já trouxemos um bom resultado, colocando a bandeira do Pará em cima do pódio, e isso é um motivo de orgulho”, comentou.

A Seel apoiou Jessé com passagens, hospedagem e alimentação nos três dias de competição em São Paulo. Com a popularização das artes marciais, através de torneios bem estruturados e organizados, como o UFC (Ultimate Fighting Championship), o Jiu Jitsu tem ganhado destaque e aumentado o número de adeptos em todo o mundo. Mas isso não diminui as dificuldades que estes atletas passam para poderem trazer bons resultados. Jessé já é faixa roxa e se prepara para as próximas competições ao longo do ano, como o Pan-americano que será disputado em setembro.

Liandro Brito - Ascom/Seel