Novo sistema agiliza apoio financeiro a atletas do Bolsa Talento

Um novo sistema de pagamento aos atletas beneficiados pelo programa Bolsa Talento/ Fabricação de Ídolos foi criado pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) em parceria com o Banco do Estado do Pará (Banpará). Antes, a gerência financeira da Seel precisava fazer uma nota de empenho para cada atleta beneficiado, o que atrasava a liberação do recurso. Ano passado, havia 148 atletas atendidos.

Com o novo sistema operacional do Banpará, chamado Multserv Net, apenas uma nota de empenho pode ser feita para dar o apoio financeiro aos 169 atletas atualmente cadastrados. A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa) também entrou como parceira do novo sistema, reunindo todos os atletas a serem incluídos em apenas uma nota de pagamento. “Isto é economicamente eficaz e célere, pois ano passado o pagamento era feito em dois dias ou mais. Hoje, com o sistema criado, ele sai em poucas horas”, diz o titular da Seel, Marcos Eiró.

O gerente financeiro e contábil da Seel, Augusto Vulcão, ressalta a agilidade do novo sistema. “Agora podemos unir em apenas uma nota de empenho todos os atletas do projeto, o que agiliza em poucas horas o pagamento feito em conta bancária no Banpará”, reforça. Nesta sexta-feira (26), o apoio financeiro foi creditado na conta bancária de todos os atletas.

O programa Bolsa Talento apoia financeiramente com passagem, hospedagem e alimentação atletas paraenses que participam de competições nacionais e internacionais, e incentiva a prática de esporte aos atletas, para-atletas, técnicos e guias de rendimento das modalidades olímpicas e paraolímpicas, reconhecidas pelo Comitê Olímpico Brasileiro.

Liandro Brito - Ascom/Seel