Município de Abaetetuba é campeão dos VIII Jogos Abertos do Pará

 

A equipe campeã da fase final – também chamada de Estadual – dos VIII Jogos Abertos do Pará foi a do município de Abaetetuba, na região do Baixo Tocantins, com 13 pontos. A ela se seguiram as equipes de Bragança, na região nordeste do Estado, com nove pontos, que foi a vice-campeã, e o terceiro lugar foi Ananindeua, com oito pontos.

A etapa decisiva e final dos VIII Jogos Abertos do Pará, uma promoção do Governo do Estado, realizada pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), foi iniciada na quarta-feira, dia 17, e se encerrou neste domingo, 21, pela manhã, na cidade de Castanhal, região nordeste do Pará, com todas as partidas finais disputadas no sábado, dia 20.

A equipe de Abaetetuba foi campeã após ter vencido as finais de futsal masculino contra Ulianópolis (foto acima) e a de handebol feminino contra Vigia, e de ter sido o segundo lugar em handebol masculino contra Bragança. Esses resultados lhe renderam os 13 pontos da classificação final e o título de campeã geral dos Jogos Abertos 2014.

Já Bragança foi a segunda colocada, sendo campeã na partida final de handebol masculino contra Abaetetuba, vice-campeã contra Ponta de Pedras em voleibol feminino e terceiro lugar em voleibol masculino. Ananindeua foi campeã em voleibol masculino contra Tucuruí e vice contra Barcarena em basquetebol masculino.

Os demais campeões, em suas categorias, foram: Mãe do Rio em basquetebol feminino, Barcarena em basquetebol masculino, Castanhal em futsal feminino e Ponta de Pedras em voleibol feminino.

A cidade de Castanhal recebeu cerca de 800 atletas de 22 municípios paraenses - Abaetetuba, Ananindeua, Barcarena, Bragança, Breu Branco, Cametá, Castanhal, Mãe do Rio, Moju, Monte Alegre, Óbidos, Ponta de Pedras, Paragominas, Parauapebas, Rondon do Pará, Santarém, Soure, Tucuruí, Ulianópolis, Vigia e Viseu.

Movimentação - A abertura oficial foi realizada no ginásio Loyola Passarinho, bairro da Estrela, que recebeu também algumas das partidas da competição, na quarta-feira, dia 17, à noite. Toda a programação teve entrada gratuita. Outros ginásios onde houve partidas foram os ginásios José Maria Mamede e do Serviço Social do Comércio (Sesc), além da quadra Personal Sport.

Na abertura das finais dos Jogos Abertos 2014, o fogo simbólico que acendeu a pira olímpica foi conduzido pelo atleta Bruno Pereira, da delegação de Ulianópolis, e o juramento do atleta foi feito por Rebeca Reis Fonseca, de Castanhal. Durante a abertura, foram apresentadas algumas coreografias de dança, como a da escola Soraya Monteiro e da escola municipal Lameira Bittencourt, de Castanhal, e da escola Michela Torres, de Parauapebas, cuja bailarina Tainara Costa é portadora de necessidades especiais e cadeirante.

Para Luiz Haroldo da Silva, coordenador do Departamento Técnico da Seel (Detel) e coordenador geral dos VIII Jogos Abertos do Pará, o sentimento é de missão cumprida. “O Jogos Abertos estavam um tanto esquecidos. Essa disputa busca cobrir todas as regiões do Estado, levando o esporte numa forma de estímulo aos jovens, em uma forma também de descobrir novos valores no amadorismo. A Seel retomou a realização dos Jogos Abertos e temos certeza que as edições serão cada vez melhores”, opinou Luiz Haroldo.

As fases regionais dos VIII Jogos Abertos do Pará se iniciaram em abril deste ano, nas cidades de Bragança e Paragominas, e se encerraram em julho em Parauapebas. Ao todo, cerca de 3.400 atletas de 58 municípios participaram das disputas de basquetebol, futsal, handebol e voleibol, nas categorias masculino e feminino.

 

Texto: Dedé Mesquita - Ascom SEEL

Foto: Ray Nonato - Acom SEEL