Mangueirão receberá final da Segunda Divisão e jogo do Paysandu

O gramado do Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, que passou recentemente por uma reforma completa, está em fase de consolidação, também chamada de maturação do solo. Por recomendação da empresa responsável pela reforma, a Green Gramados Esportivos, o estádio não pode ainda ser utilizado seguidamente.

Nesta semana, o estádio foi solicitado para sediar a final da Segunda Divisão do Campeonato Paraense de Futebol (a Segundinha), disputada pelas equipes da Tuna Lusa Brasileira e do Vênus, além do treino do Paysandu Sport Clube antes da partida válida pela série C do Campeonato Brasileiro de Futebol.

A Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), que administra o Mangueirão, decidiu atender aos dois pedidos. A partida final da Segundinha será disputada na quarta-feira (15), às 15h30, conforme foi solicitado pela Federação Paraense de Futebol (FPF). A direção da Seel considerou a importância da competição, que terá reflexos no Parazão 2015.

O estádio sediará a disputa entre Paysandu e Tupi, no sábado (18), às 16 h, partida que marca o primeiro confronto da fase “mata-mata” na Série C entre os dois times. O Paysandu fará um treino de reconhecimento do novo gramado na próxima quinta-feira (16), a partir das 9h30.

Aprovação - O gramado do Mangueirão começou a ser trocado em junho deste ano, e foi entregue revitalizado em setembro. Na semana passada, engenheiros da Caixa Econômica Federal – instituição que custeou parte das obras – fizeram uma vistoria técnica e aprovaram o novo gramado. O estádio recebeu oficialmente o alvará liberatório de utilização. No entanto, até que o gramado esteja totalmente consolidado, o que deve ocorrer até o final deste ano, essa utilização será previamente avaliada pelos gestores do estádio.

As obras de reforma continuam no Mangueirão. A próxima etapa inclui pintura interna e externa. A empresa responsável pelo serviço já está escolhida por licitação e homologada. O resultado da licitação para a pintura do estádio foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) na última sexta-feira (10), e contemplou a empresa LMCC Serviços de Construção Ltda. - EPP.

Dedé Mesquita - Ascom Seel 

Foto: Anderson Silva