Mangueirão passará por reformas para facilitar acesso do torcedor

Depois de várias reuniões entre a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) e a Promotoria de Justiça e Defesa do Consumidor, que definiram as ações necessárias para a melhoria da acessibilidade do torcedor ao Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão), as obras de reforma e alteração dos acessos ao estádio iniciam no mês de junho.

O encontro decisivo aconteceu na manhã desta terça-feira, 14, na Secretaria de Estado de Obras Públicas (Seop), com a presença do titular da pasta, Joaquim Passarinho, e do secretário de Esporte e Lazer (Seel), Marcos Eiró, além dos promotores Nilton Gurjão e Domingos Sávio. A Secretaria Municipal de Economia (Secon) também esteve presente debatendo sobre a circulação de torcedores ao redor e dentro do Mangueirão, já que o órgão fiscaliza a atividade de mais de 600 ambulantes nessas áreas.

“Este resultado vem de um trabalho constante entre a Seel, por meio da diretoria do Mangueirão, e a Promotoria de Defesa do Consumidor, para facilitar e melhorar o acesso do torcedor ao Mangueirão. O projeto foi apresentado pela Seop e está aprovado”, comentou o secretário de Esporte e Lazer, Marcos Eiró. Muros e antigas guaritas serão demolidos e calçadas ampliadas. “Vamos demolir antigas guaritas que hoje não utilizamos e muros que foram construídos e dificultam o acesso de pedestres”, comenta Eiró.

Para o secretário de Obras, Joaquim Passarinho, as medidas garantirão o conforto do torcedor. “Temos que pensar no conforto do torcedor no acesso ao estádio. Eu mesmo frequento o Mangueirão e já tinha percebido a possibilidade de algumas alterações. Agradecemos também à promotoria por este apoio”, disse. Com o final do Parazão, o Mangueirão poderá enfim receber estas reformas e estar preparado para novos eventos esportivos.

Liandro Brito - Ascom/Seel