Mais de 150 atletas do Programa Bolsa Talento assinam Termo de adesão

 

    Data: 28/11/2013

    Hora: 19h30

    Local: Espaço São José Liberto (Polo Joalheiro)

    Endereço: Praça Amazonas, s/n, bairro Jurunas.

    Contatos: Liandro Brito (Ascom Seel) 8883-5649

Atletas paraenses de 43 modalidades assinam o Termo de Adesão ao Programa Bolsa Talento, mantido pela Secretaria Especial de Promoção Social (Sepros), por meio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). Os 159 atletas assinarão o documento nesta quinta-feira (28), a partir das 19h30, no Espaço São José Liberto (Polo Joalheiro). O programa beneficiará atletas de basquete, judô, luta romana, vôlei, natação, atletismo, tênis de mesa, esgrima, kung fu, muay thai e outras modalidades, que receberão mensalmente da Seel uma bolsa, para ajudar no custeio de alimentação, transporte, vestuário e outras necessidades para a prática da atividade esportiva.

O Termo de Adesão é firmado entre o atleta e a Seel, pelo prazo de um ano. A permanência no programa é garantida pelo rendimento nas competições. Em 2014, a Seel pretende atender com o programa 190 atletas paraenses. Durante a solenidade, os atletas receberão uniformes esportivos padronizados para representar o Pará em várias competições, além de um kit com bandeira do Estado, camiseta e botom.

A carateca Daniela Tanaka, a equipe paralímpica de basquete All Star Rodas e as gêmeas do nado sincronizado, Natália e Natasha Pereira, participarão da solenidade de assinatura do Termo de Adesão.

O Programa Bolsa Talento foi implantado no Pará no ano 2000. Sua principal proposta é estimular o desenvolvimento físico, social e psicológico do atleta, trabalhando com as modalidades semi-olímpicas, olímpicas, amadoras e paralímpicas. Com o projeto foi possível manter e aumentar o número de atletas que representam o Pará em competições regionais, nacionais e internacionais. O critério para o atleta ser atendido pelo programa é o ranking. As federações esportivas de cada modalidade controlam os relatórios de rendimento do atleta, e enviam à Seel.

Liandro Brito - Ascom/Seel