Idosos participam de competições no IV Jogos do Projeto Vida Ativa na Terceira Idade

   

Começou nesta terça-feira (6) e segue até a próxima sexta-feira (9), a quarta edição dos Jogos do Projeto Vida Ativa na Terceira Idade. Centenas de idosos que participam do projeto da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) participam de disputas em diversas modalidades esportivas, como futsal, corrida, arremesso de peso, caminhada atlética, queimada, dominó, xadrez, entre outros. Veja as fotos, clique aqui!

Hoje (7) pela manhã, as competições iniciaram na sede da Tuna Luso nas modalidades dominó, xadrez e queimada. A equipe feminina do núcleo Tuna venceu o núcleo do Clube do Remo e consagrou-se campeã de queimada. Já no xadrez masculino, Valter Miranda, 58 anos, conquistou o campeonato para o núcleo Asalp. Os jogos prosseguem na tarde de hoje, na pista olímpica do Estádio Olímpico do Pará (Mangueirão) a partir das 16h, com disputas de atletismo.

A competição que teria início ontem, com a modalidade de futsal, foi adiada para quinta-feira (8), às 15h, na quadra coberta da OAB, na avenida Augusto Montenegro.

A abertura oficial do IV Jogos do Projeto Vida Ativa na Terceira Idade foi realizada ontem (6), no ginásio da Escola de Educação Física da Universidade do Estado do Pará (Uepa). Pelo menos 400 idosos participaram do evento, que contou com a presença do titular da Seel, Marcos Eiró, e do secretário adjunto, Léo França. O evento contou com a presença de todos os núcleos do Projeto Vida Ativa (EOP- Mangueirão, OAB, Clube do Remo, Tuna Luso, Asalp e Hospital Abelardo Santos). Os idosos desfilaram com as suas equipes, fizeram o juramento dos jogos, acenderam a tocha olímpica e contaram o hino nacional.

Eiró destacou importância dos jogos e também do Projeto Vida Ativa. “Os IV jogos do Projeto Vida Ativa vêm para consolidar o projeto. É um orgulho da Seel fazer parte da vida desses idosos e vamos trabalhar ainda mais para o crescimento do Vida Ativa”, disse.

Neide Branco, 76 anos, esteve na abertura dos jogos e agradeceu o apoio da Seel, dos professores e da equipe técnica do Projeto. “Há muitos anos, faço parte do projeto e sempre participo dos jogos. Mais uma vez queria agradecer ao Governo do Estado por acreditar na gente e, aos nossos professores e funcionários, pela paciência e dedicação”, concluiu.

Ascom Seel